O desaquecimento da economia brasileira faz com que alguns tipos de serviços mais sustentáveis acabem virando alternativa de negócio para muita gente. Isso é um dos motivos apontados por empreendedoras para o grande número de lojas de conserto, reforma e transformação de roupas num pedacinho do Espinheiro.

Numa caminhada de pouco mais de um quilômetro pelo Espinheiro, é possível encontrar mais de sete lojas de costura, com diferentes histórias e especialidades. Algumas com décadas no ramo, como a Zig Zag da “aposentada” e empresária Arlete Marcelino, que há 26 anos mantém sua loja na Rua da Hora, outras que abriram já no contexto da crise econômica, como as meninas da Ed Consertos.

Arte: Caio Vieira

Se você está interessado em começar a preparar roupas e adereços para o Carnaval, quer transformar uma peça de roupa querida, um vestido novo para o fim do ano ou simplesmente quer encontrar um lugar pertinho para consertar suas roupas. Neste pedacinho do Espinheiro, certamente tem uma empresa para lhe atender.

Publicamos inicialmente essa história com sete lojas de costura, mas assim que chegou às redes sociais recebemos mais uma indicação. A Agulha Doida fica ali pertinho do miolo do Espinheiro, em plena Rua da Hora, e virou então a oitava loja. Você conhece algum empreendedor no seu bairro, que tem uma história legal para ser contada? Mande sua sugestão para o PorAqui pelo e-mail: colabore@poraqui.news

1- ED Consertos
Av. João de Barros, 1359, Espinheiro
Galeria Alameda das Oliveiras, Loja 3
Fone: (81) 99409-4237 ou 99506-7671

Foto: Eduardo Amorim/PorAqui

O nome da loja é uma homenagem a tia de Shirley e Jessica Araujo Pereira, Dona Edilma é a administradora e inspiradora e suas duas sobrinhas são as responsáveis pela costura. Elas brincam que além de homenageá-la, gostaram também do trocadilho “é de conserto e não de jogar fora”.

Os clientes ainda têm oportunidade de provar um gostoso salgadinho de queijo provolone desidratado e o diferencial da loja é colocar cada serviço em uma sacola de pano. “Começamos com 30 e hoje temos 140 dessas bolsas, que servem para não perdermos nenhuma das roupas aqui”, conta Shirley.

2 – Dona Carlotta
Rua Doutor Joaquim Arruda Falcão, 256A, Espinheiro
Facebook: Dona Carlotta Atelier

Foto: Divulgação

Bastante conhecida no Recife, Dona Carlotta costuma fazer muitas roupas de Carnaval, adaptações de abadás e também consertos e transformações de roupas de festa ou comuns. Quem frequenta, avisa que, apesar de ser próximo da Avenida Norte, os preços do atelier não são dos mais baratos.

3 – Valk Atelier de Costura
Avenida João de Barros, 1391, Espinheiro
Fone: (81) 98600-1086 ou 98323-2600

Foto: Divulgação

4 – Aparecida
Rua da Hora, 3, Espinheiro
Fone: (81) 9842-5482

Foto: Eduardo Amorim/PorAqui

Aparecida Vasconcelos atua no ramo há mais de 40 anos. Recentemente, se mudou para a Rua da Hora. Sua loja, das sete visitadas, é a que mais se parece com uma tradicional costureira. Ela conta que o movimento caiu bastante nos últimos meses, mas está tentando se sustentar no ponto que fica em frente ao tradicional Empório Sertanejo.

5 – Expresso Conserto de Roupa
Rua da Hora, 47, Espinheiro
Fone: 3242-3148

Foto: Eduardo Amorim/PorAqui

6 – ZigZag
Rua da Hora, 251, Espinheiro
Galeria Concetita (ao lado da lotérica)
Fone: 3242-6022

Foto: Divulgação

Há 24 anos, Dona Arlete Marcelino mantém sua loja de consertos de roupas em geral na Rua da Hora. Ela conta que o negócio já foi melhor, hoje não dá lucro e ela explica apenas se manter com o dinheiro da aposentadoria. Mas se orgulha de manter cinco funcionárias de carteira assinada na empresa.

7 – Agulha Expressa
Rua da Hora, 345, Espinheiro
Galeria Hora Center – Loja 5
Fone: (81) 3244-3289

Foto: Eduardo Amorim/PorAqui

A tradicional Galeria Hora Center tem a vantagem de não ter problema de estacionamento. A Agulha Expressa fica lá, dividindo espaço com lojas de roupas, material esportivo e, em breve, até a loja Passa Disco, se muda do Parnamirim para a maior loja do espaço.

8 – Agulha Doida
Rua da Hora, 456, Espinheiro
Galeria Mario Melo, Loja 10
Fone: (81) 9879-88274

Foto: Divulgação/Agulha Doida

Desde 2010, Vanderleia Laurentino comanda a Agulha Doida, loja que fica no primeiro andar da Galeria Mário Melo. Ela entrou na lista depois de indicações de leitores pelas redes sociais, que elogiaram o serviço oferecido pela equipe. A empresária conta que resolveu se estruturar no Espinheiro porque já fazia serviços para lojas de roupas no bairro. Hoje, o maior volume de serviços é de reparos, reformas e também customização de abadá de roupas de formatura.