Um selo de vinis que cresce e está baseado no Recife. Parece algo que teria acontecido na década de 70, mas a verdade é que Rafael Cortes criou o Assustado Discos em 2011 e está prestes a chegar aos 20 discos prensados em 2018 com o envio para a fábrica de Carnaval do Inferno, da banda Eddie.

Artistas e grupos como Devotos, Siba, Mundo Livre, B Negão, Apanhador Só (RS), já podem ser encontrados também em vinil por conta do selo dele (veja a discografia do selo abaixo). No Recife, os melhores lugares para encontrar os discos são a Passa Disco, no Sebo do Anibal (Musikantiga) ou na loja Bolacha.

Caça ao vinil: roteiro musical (quase) escondido no Recife

No início, ele tinha outro emprego e os originais eram enviados para fábricas na Inglaterra, Alemanha e República Tcheka. Rafael conta que passou a se dedicar exclusivamente à empresa depois do quinto disco e com o tempo decidiu prensar somente no Brasil, onde existem fábricas em São Paulo e no Rio.

O Assustado Discos conta com uma rede de mais de 100 revendedores, sendo cerca de 50% em São Paulo, e em breve estará lançando site e e-commerce através de projeto financiado pelo Funcultura. Além do Brasil, os discos são vendidos também em lojas dos Estados Unidos, na Europa e até do Japão.

“Já tive conversas com artistas argentinos e de outros países, mas até agora só gravamos música brasileira”, conta, deixando claro que o momento é de crescimento.

Colecionador de vinis e de CDs, Rafael lembra que tudo começou num aniversário de 7 ou 8 anos no fim da década de 80. Ele pediu de presente um walkman, com uma fita de Imagine (John Lennon), mas recebeu do seu pai um vinil e o k7 para gravar o disco.  Desde então, sua vida tem sido ouvir música. No início gastando a mesada e recentemente aprendendo que distribuir boa música poderia virar um modo de vida.

Design primoroso é marca da Assustado Discos (Foto: Eduardo Amorim/PorAqui)

Confira a discografia da Assustado Discos:

1 – Devotos | Demos e Raridades
2 – Inocentes | Garotos do Subúrbio
3 – Wander Wildner | Rodando el Mundo
4 – DJ Dolores | Banda Sonora
5 – Autoramas + BNegão | Auto Boogie
6 – Mundo Livre S/A | Samba Esquema Noise
7 – Little Quail and Mad Birds | Demos
8 – Lucas Santtana | Sem Nostalgia
9 – Maskavo Roots | Maskavo Roots
10 – Juliano Holanda | Espaço Tempo
11 – Passo Torto | Passo Torto
12 – Passo Torto + Ná Ozzeti | Thiago França
13 – Bnegão + Seletores de Frequência | TransmutAção
14 – Biu Greese & The Jiquiá Brass Band | Goodbye Songs
15 – Sexteto do Beco | Sexteto do Beco
16 – Siba | De Baile Solto
17 – Kiko Dinucci | Cortes Curtos
18 – Pin Ups | Lee Marvin
19 – BNegão & Seletores de Frequência | Enxugando Gelo (prensado em São Paulo, ainda não chegou ao Recife)

Memórias de um Recife melhor que ele mesmo