"Um dos mais significativos componentes da cultura construtivo-projetual e estético-ambiental, tecnicamente aplicada originalmente no Brasil modernista, estando culturalmente apropriada e reciclada atualmente, por suas qualidades ambientais, contribuindo para o baixo impacto arquitetônico das edificações".

O saudoso professor e arquiteto Antenor Vieira de Melo explicava assim o que é um cobogó, em projeto de pesquisa realizado juntamente com Josivan Rodrigues e Cristiano Borba.

No Espinheiro, na Zona Norte do Recife, no entanto, Cobogó já foi consagrado como um "inferninho", onde foram realizadas muitas festas, como a Crema de la Crema, de Duda Belém, e a Neon Rocks, Allana Marques. Ainda no mês de maio, o casal Ana Lucia Castro Assunção e Roger Dalbosco Siqueira vai reabrir o espaço "trazendo comidas afetivas, cafés e muita cerveja gelada! Porque o amor aqui não é nada careta!", anunciam. 

A partir de junho, o espaço ganha ainda um estúdio de tatuagem e uma loja de roupas e acessórios. 

(foto: Divulgação/Cobogó Café e Bar)

Antigo proprietário do Cobogó,  o advogado José Luiz Vieira abriu o espaço para festas em 2009. Mas ele conta que "é uma casa dos anos 50 ou começo dos anos 60, onde meu pai, tio e avós passaram um tempo da vida e obviamente existe muita recordação embutida". 

O nome Cobogó foi dado por um dos integrantes da banda Mombojó (provavelmente Marcelo Machado, conta). Mas é algo meio óbvio, já que a residência é cheia desses artefatos criados em Pernambuco, para deixar o vento passar e, ao mesmo tempo, proteger as construções do sol e do calor inclementes da nossa região.

O fotógrafo Rafa Medeiros manteve, nesse mesmo endereço, com parceiros, a Casa Estrela e o Palafa Club, além de seu estúdio fotográfico dedicado à gastronomia e de ter morado lá. "Fui muito feliz naquela casa e acredito que as pessoas que vão abrir um negócio lá também vão ter essa mesma experiência", aposta. 

Cobogó Café e Bar
Rua Afonso Batista, 245, Espinheiro
A partir do dia 29 de maio


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o app e convidar os vizinhos: Android e iOS

Sugestões e colaborações: aflitos.espinheiro@poraqui.news e (81) 98173-9108 (WhatsApp)