Por Eduardo Amorim, do PorAqui

Muita gente reclama da dificuldade de ir às feiras agroecológicas. Não é difícil ouvir alguém que pouco conhece esse universo dizer "quando eu chego de manhã, já foram vendidos os melhores produtos na feirinha”. Mesmo assim, cresce cada vez mais a procura pelos alimentos sem agrotóxicos – os orgânicos. Mas existem outras formas de conhecer, consumir de forma sustentável e até produzir alimentos saudáveis.

A Maumau Galeria sedia em breve duas oportunidades para quem quer conhecer mais desse universo. Em julho, será realizado pelo Centro Nordestino de Medicina Popular uma oficina de ecogastronomia lá na casinha da Rua Nicarágua (Espinheiro). 

E na próxima semana, consumidores, agricultores e técnicos do Centro Sabiá realizam no mesmo local a primeira reunião para montar um projeto que facilite a comercialização dos alimentos agroecológicos.

No próximo dia 15, a partir das 19h, na Maumau Galeria, a Rede Espaço Agroecológico realiza a primeira reunião para formação de um Grupo de Consumo Responsável. 

As mais de 200 famílias de agricultores querem dialogar com os consumidores do Recife para chegar a um modelo que possibilite o comércio com preço justo, com a qualidade já conhecida nas feiras do coletivo e com boa variedade de produtos.

Grupo de Consumo Responsável é ideia interessante para quem não consegue ir às feiras agroecológicas (vídeo: Centro Sabiá/Ianah Maia) 

“Os produtos ofertados – no Grupo de Consumo Responsável – serão de diversas famílias das sete associações de agricultores que formam o coletivo, oferecendo uma gama e uma variedade muito grande. E a ideia é que no futuro a rede possa oferecer produtos de outros grupos como o café de Taquaritinga”, explica Davi Fantuzzi, que é gestor de cooperativas e trabalha no Centro Sabiá.

A Rede Espaço Agroecológico atualmente é responsável pela feira de Gravatá (a mais antiga do Estado) e por quatro espaços de comercialização de produtos agroecológicos no Recife (Setúbal, Santo Amaro, Boa Viagem e Graças).  

A ONG e a Rede Espaço Agroecológico querem com essa iniciativa construir estratégias de compra e venda de produtos com qualidade nutricional e que sejam fruto de sistemas produtivos que respeitem as pessoas e o meio ambiente. 

A ideia é no fundo bastante semelhante com o que a Maumau e o Centro Nordestino de Medicina Popular querem incentivar no projeto Cozinha de Quintal: aproximar as pessoas da realidade de quem produz e discute o consumo consciente e a agroecologia.

(foto: Eduardo Amorim/PorAqui) Diana e Celerino, do Centro Nordestino de Medicina Popular, participam de aula no Espaço Agroecológico

Nos dias 1º, 3, 4, 5 e 8 de julho, a Maumau recebe uma oficina de ecograstronomia, para quem acredita ser possível uma vida saudável dentro da cidade. O evento é gratuito e aberto “não só para aqueles que frequentam o espaço, mas também para que outras pessoas interessadas aprendam aqui e repassem seu conhecimento em outros lugares. Sejamos multiplicadores de uma vida saudável!”, conta o texto de apresentação do projeto, escrito por Irma Brown, da Maumau.

O projeto nasceu da vontade de aproveitar melhor as potencialidades de pequenos espaços urbanos como o da Maumau, que já tem no seu quintal bananeira, mangueira, mamoeiro, limoeiro, jambeiro, abacateiro, pitangueira,  goiabeira, abacate e pés de pinha e maracujá. 

Qual a melhor forma de aproveitar esses alimentos? O que podemos fazer para deixar esse quintal ainda mais farto?! Existem plantas que nem conhecemos e tampouco sabemos como utilizá-las. Quais seus benefícios?! Como mantê-las em espaços pequenos como apartamentos?

A pergunta feita pelas organizadoras da Maumau levou-os a uma aproximação com o Centro Nordestino de Medicina Popular e essa vontade de se alimentar com mais consciência e discutir também o bom uso das plantas medicinais. 

O curso Cozinha de Quintal será ministrado por Diana Mores (culinária e alimentação saudável) e pelo médico naturalista Celerino Carriconde. Originalmente marcada para ser iniciada na próxima semana, a oficina foi adiada e ainda tem vagas disponíveis. Quem quiser se inscrever deve enviar uma carta de intenção para galeriamaumau@gmail.com.

1ª Reunião do Grupo de Consumo Responsável                                                                                                                    Segunda, 15 de maio, a partir das 19h                                                                                                                                       Maumau Galeria | Rua Nicarágua, 173, Espinheiro | Fone: (81) 3221-7900                                                                                     Participe! É aberto a todos os interessados em alimentação saudável

Cozinha de Quintal (oficina de alimentação saudável)                                                                                                                  Facilitadores serão o médico naturalista Celerino Carriconde e a enfermeira Diana Mores                                                       A partir do dia 1º de julho, das 8h às 18h, com almoço incluído                                                                                               Inscrições pelo e-mail: galeriamaumau@gmail.com


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o app e convidar os vizinhos: Android e iOS

Sugestões e colaborações: aflitos.espinheiro@poraqui.news e (81) 98173-9108 (WhatsApp)