As escolas dos bairros dos Aflitos e Espinheiro tomaram atitudes diferentes em relação à Greve Geral, nesta sexta-feira, dia 28 de abril, em protestos contra as reformas trabalhista e previdenciária propostas pelo Governo Michel Temer. A unanimidade é que nenhuma delas assume uma posição política em relação aos protestos.

Uma das mais tradicionais da Zona Norte, o Colégio Saber Viver decidiu não abrir, no Espinheiro. Diretor administrativo da instituição, Rodrigo Ayres explica que a decisão levou em conta a segurança dos alunos, além da dificuldade de mobilidade dos profissionais. 

Já o Colégio Motivo cancelou apenas as provas nos Aflitos e as atividades à tarde da unidade de Casa Forte. Atitude semelhante ao Colégio Núcleo, na Jaqueira, que cancelou apenas as atividades que seriam realizadas após as 14h. 

No Espinheiro, o Terceiro Milênio chegou a enviar comunicado para dizer que suas atividades serão mantidas normalmente. Veja a postagem que circula nas redes sociais: 

Como ficou a escola em que você estuda, trabalha ou que seus filhos frequentam? Informe ao PorAqui nos comentários ou pelos contatos abaixo.


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android e iOS

Sugestões e colaborações: aflitos.espinheiro@poraqui.news