Em uma rápida comparação feita pelo PorAqui em quatro postos dos bairros da Tamarineira, Aflitos e Espinheiro encontramos preços entre R$  3,699 e R$ 4,11 (aditivada). Uma funcionária chegou a brincar com o repórter, que fez o trajeto de bicicleta: “preciso consertar uma bike que tenho lá em casa, não dá mais para andar de carro com esse reajuste”.

Gerente do Posto Shell da Tamarineira, onde encontramos o preço “mais barato”, David Muniz explicou que talvez fosse haver reajuste também lá, pois hoje já receberam gasolina com o preço reajustado.

LEIA TAMBÉM

Posto da Conselheiro Portela terá empório e hamburgueria

Queiroz Cavalcanti é um dos maiores escritórios de advocacia do Nordeste

Foto: Eduardo Amorim/PorAqui

Apesar do juiz Renato Borelli ter suspendido, através de liminar da 20ª Vara Federal do Distrito Federal, o decreto que reajustava a alíquota, os estabelecimentos alegam que estão recebendo os combustíveis com preços mais elevados. Saiba mais sobre a disputa jurídica que envolve o aumento de PIS/Cofins realizado pelo Governo Temer aqui.

No Posto Shell dos Aflitos (na Rosa e Silva), hoje o preço saiu de R$ 3,699 para R$ 3,999. Já no Ipiranga do Espinheiro, uma “promoção” deixa a gasolina comum por R$ 3,799. No posto da João de Barros o valor chega a R$4,11 (Shell V-Power) e a gasolina comum sai por R$ 3,96.

Apesar de esperar manter o valor de R$3,699, o gerente do Posto da Tamarineira chegou a comentar que é possível que fosse obrigado a aumentar ainda hoje. “A gente quer manter para aumentar o movimento”, contou, admitindo que tinha recebido várias reclamações de consumidores sobre os reajustes através das redes sociais.