Unindo empreendedorismo e tecnologia, profissionais e estudantes de Pernambuco e de outros estados ficarão imersos, durante três dias, para desenvolver soluções que aproximem empresas de grande porte, como multinacionais, e negócios nascentes com potencial de crescimento, como startups e scales up. Trata-se do Desafio Augment – Hackathon 2018, realizado pelo Queiroz Cavalcanti Advocacia, de hoje (19) até domingo.

No bairro do Espinheiro, a maratona vai durar 54 horas e envolverá 80 pessoas, que formarão grupos entre quatro e cinco pessoas. O Desafio Augment – Hackathon 2018 inicia às 18h desta sexta e só encerra às 22h do domingo (21). Na programação haverá também rodadas de mentorias e palestras sobre M.V.P (conjunto de testes iniciais para validar a viabilidade do negócio) e Pitch (ferramenta usada para ‘vender’ o projeto da empresa a potenciais investidores).

Vila Mundo, no Espinheiro, abre as portas para o comércio solidário

Escritório da Queiroz Cavalcanti, no Espinheiro, sedia maratona (Imagem: Divulgação)

A iniciativa é pioneira da área jurídica, sendo já realizada em outros segmentos e capitaneada de maneira similar por empresas como Petrobras, Unilever e Neurotech. A ação é conhecida como Hackathon: “a intenção do desafio é aproximar os diversos públicos como empresas e investidores, por meio da plataforma Augment, desenvolver novos talentos, além de estimular o empreendedorismo e a inovação”, adiantou Camila Oliveira, que será uma das juradas dos projetos e é sócia do escritório Queiroz Cavalcanti Advocacia.

As equipes terão três dias para desenvolver a solução e contarão com mentoria para auxiliar na construção da ideia. Uma estrutura com alimentação e segurança será disponibilizada aos participantes de Pernambuco e também vindos de estados como Paraíba e Mato Grosso. São programadores, desenvolvedores, designers e profissionais de outros segmentos que vão ‘queimar os neurônios’ para elaborar a melhor proposta. Ao final, no domingo (21), o projeto será avaliado por uma comissão julgadora formada por profissionais de diversas áreas e o projeto vencedor ganhará R$ 3 mil como premiação e poderá ser disponibilizado gratuitamente na plataforma Augment.