Primeiro food park do Recife, o Garage é conhecido de grande parte dos moradores do Espinheiro e dos Aflitos. Ao lado da Matriz do Espinheiro, atrai um público formado em grande parte pelos moradores dos prédios das redondezas, que vão ali curtir a diversidade de opções e o ambiente descontraído.

Na última sexta-feira, chegaram ao espaço duas novas operações. O Kebabeer e a estreante No Pote, de doces. A mudança do foodtruck de comida árabe veio efetivar uma paquera antiga, mas também foi tomada por conta da maior segurança oferecida pelo food park, já que a onda de violência vinha preocupando os clientes que frequentavam o trailer na Rua do Espinheiro.

O PorAqui acompanhou alguns dos crimes ocorridos naquela área nas últimas semanas, como o assalto ao Espinheiro Shopping. Com a mudança, o horário do Kebabeer passa a seguir o dos outros empreendimentos do Garage, sendo de quarta à sexta das 18h às 23h; aos sábados das 17h às 23h e nos domingos de 17h às 22h.

(foto: Divulgação/La Cerva)

“A única novidade no nosso cardápio é o choripan, um cachorro quente argentino-uruguaio, que leva linguiça, chimichurri apimentado ou sem pimenta, maionese de bacon e muçarela massaricada”, conta Eduardo Jungman, um dos sócios do Kebabeer.

Além disso, o foodtruck irá focar mais na comida e as marcas de cervejas artesanais vendidas anteriormente por eles passarão a ser oferecidas no La Cerva. Nas quartas e quintas, o Garage Food Trucks faz uma série de promoções. No caso do Kebabeer, eles vão oferecer o Durun de R$18 por R$15. Essa é a versão maior do kebab, feita no pão sírio (aquele bem fininho).

A outra operação que chegou ao food park é estreante. A No Pote começa vendendo produtos fabricados pela marca Bolo de Bacia, mas com uma nova apresentação, justamente porque os doces são vendidos dentro de caixinhas que podem ser levadas para casa com mais facilidade.

(foto: Eduardo Amorim/PorAqui)

Proprietário da No Pote e também da Sr Vaso, que eventualmente aparece no Garage Food Trucks, Filipe Malafaia conta que pretende aumentar o número de produtos e em breve passar a oferecer alguns tira-gostos na mesma embalagem, como um mix de castanhas, passas e amendoins.

Depois da saída do Saideira, que era um food truck de açaí, o Garage conta agora com La Cerva (cervejas artesanais), Mô Vei (sanduíches), Hasta La Pizza, Street Fish Temakeria, Meu Chapa (petiscos), Be Wafle, o café Erva Time, No Pote e Kebabeer.

(foto: Divulgação/La Cerva)

Além disso, alguns empreendedores costumam passar alguns dias por lá com outros produtos. É o caso da jornalista Mariana Araújo, que no último domingo estava com a bicicleta da Adoro Bijus cheia de bijuterias que ela aproveita para vender nas folgas do seu outro trabalho.

Um dos responsáveis pelo espaço, que não tem dono e é administrado coletivamente pelos proprietários de cinco foodtrucks, João Paulo Campelo, explica que a ideia é ter no máximo mais uma operação. Ele não garante, mas em breve o food park pode receber a Camaria, que seria a última marca fixa a se estabelecer lá com um cardápio de comida pernambucana e foco nos camarões.


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android e iOS

Sugestões e colaborações: aflitos.espinheiro@poraqui.news