Um dos espaços alternativos mais movimentados do Recife, a MauMau é difícil de ser descrita por reunir pessoas em torno de uma casa no Espinheiro, onde essa galera realiza uma série de atividades: de festas super movimentadas a cursos de artes. 

Mas agora a ideia de Irma Brown é investir bastante também em ações como a Bicicletaria e o projeto cozinha de quintal, que será realizado em parceria com o Centro Nordestino de Medicina Popular.

“Somos um espaço de resistência. Uma linda casa localizada no Recife. Cercada de árvores, ela é dividida entre ateliês, residência e espaços livres voltados para ações artísticas. A casa é localizada num bairro central da cidade, sendo uma das poucas que permanecem com suas características iniciais – construída no ano de 1938. Funciona de forma cooperativa e independente, com foco em artes visuais, porém abrigando também outras linguagens: teatro, dança, yoga…Tudo que der vontade!”, assim é descrito o espaço no site da MauMau.

Criada em 2009, a casa servia de moradia para Irma Brown, mas era também ocupada pelo ateliê e escritório de Daniela Brilhante. As duas continuam sendo figuras essenciais na organização do espaço, que tem ficado cada vez mais movimentado, mesmo com a saída em 2012 de um de seus fundadores, o artista plástico Fernando Peres.

Hoje a MauMau reúne uma infinidade de artistas e projetos. Antes do Carnaval, se encerrou a lojinha da MauMau, que vendia peças de roupa, objetos e arte. Porém, os projetos mudam, criam asas, mas não param. A ideia de Irma é investir na Bicicletaria Mapuche, de Fabiana Tubino, e iniciar em março as ações do cozinha de quintal, com implantação de uma horta e atividades educativas.

Foto: Divulgação/MauMau

"Já teve inauguração da bicicletaria, mas foi uma coisa muito para os amigos. E eu estava querendo fazer uma abertura mais oficial”, conta a produtora e artista, deixando no ar que esse lado sustentável de quem pensa a bicicleta como meio de transporte e os pequenos espaços como alternativa para produzir comida de qualidade vai ganhar um adubo (orgânico) para se fortalecer. 

Mas, além disso, vai ter Cinecão, o happy hour Pão com Ovo com o DJ Henrique Koblitz (foto), além de aula de dança, tecido, Yoga e muitas artes. Ou seja, a MauMau continua e viva!

Quer conhecer? Rua Nicarágua, 173, Espinheiro. Para saber mais informações, é só ligar no (81) 3221-7900.


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android e iOS

Sugestões e colaborações: aflitos.espinheiro@poraqui.news