Nesta quarta-feira (10), às 20h, no Centro Cultural Raimundo Carrero, estreia a leitura teatral da obra Bernarda Soledade, a tigre do sertão. O texto é de autoria do escritor Raimundo Carrero. A entrada é franca.

Participam do elenco, Fabiana Pirro, Silvia Góis, Ana Nogueira, Claudio Ferrario, Diogenes D. Lima e Edjalma Freitas, com percussão ao vivo e "luxuosa" de Luca Teixeira. 

(foto: Divulgação/Roberta Guimarães)

Quando começou a escrever A História de Bernarda Soledade – A Tigre do Sertão, Carrero pensava estar produzindo uma peça teatral. Diante disso, a iniciativa puxada por Silvia Góis, Fabiana Pirro e Ana Nogueira ganha ainda mais interesse para os admiradores/alunos do escritor e todos que se interessam por literatura e teatro.

A ideia inicial era que o próprio autor interpretasse um dos personagens, mas no fim acabou sendo chamado Claudio Ferrário para interpretar o Coronel Pedro Militão.

Carrero passou recentemente por alguns problemas de saúde. Além de pequenos espetáculos e lançamentos de livros, o Centro Cultural Raimundo Carrero abriga as oficinas de literatura ministradas pelo escritor.

"É uma criação coletiva, direção coletiva também… Na verdade, é uma leitura teatral, ainda não chamamos espetáculo, mas há planos de transformarmos a leitura em espetáculo, sim, mais na frente. Eu, Fabiana Pirro e Ana Nogueira fizemos a adaptação do texto na presença e conversando muito com Raimundo Carrero sobre os caminhos escolhidos. Depois se juntaram ao grupo Claudio Ferrario, Diogenes D. Lima e Edjalma Freitas, que chegaram para fazer a leitura junto e fomos desenhando em equipe os movimentos e cenas", explica Silvia Góis.

Bernarda Soledade, a tigre do sertão                                                                                                                                             Centro Cultura Raimundo Carrero | Avenida João de Barros, 1468, Sala 108
Quarta-feira (10), a partir das 20h (Entrada Franca)


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android e iOS

Sugestões e colaborações: aflitos.espinheiro@poraqui.news e (81) 98173-9108 (WhatsApp)