Conteúdo sugerida pela leitora Flávia Fellows

Um dilema de muitos pais e mães que moram nesta região do Recife é o que fazer com as crianças no tempo em que elas não estão na escola. Talvez a única área pública de lazer nos bairros do Espinheiro e dos Aflitos seja a Praça da FEB.

Pequena e encravada em plena Rua 48, o espaço é utilizado mais por pais e mães de bebês e por quem vai passear com seus animais, já que é até perigoso levar um menino ou menina que possa correr para a via.

Se efetivamente faltam lugares gratuitos, muitos empreendedores, uma animadora e até um artista plástico têm tentado suprir essa necessidade. É claro que isso não é o ideal e esperamos que o poder público se sensibilize com essa necessidade. 

Mas vamos a uma pequena lista das possibilidades que temos nos nossos bairros. Não sem antes concordar com a leitora que sugeriu nossa reportagem: "Pois é! Não há nenhum espaço público por aqui (voltado para as crianças)! Bairros com aluguéis caríssimos e pobres em lazer…", diz Flávia Fellows.

Gelateca do Ateliê Jacaré(foto: Divulgação/Jacaré)

O artista plástico Jacaré mantém em seu ateliê uma geladeira cheia de livros que ficam à disposição das crianças e dos adolescentes. O equipamento é utilizado principalmente pelos moradores da pequena comunidade do Cafundó e alunos das escolas próximas à Rua Marques do Paraná, onde fica o espaço cultural tocado por ele e Bianca Pimentel. 

A dupla também organiza oficinas voltadas para discutir arte e reciclagem, mas de forma que as crianças possam participar e aprender ao mesmo tempo.

Ateliê do Jacaré
Fone: (81) 99961-1868 ou 3038-5668

Oficinas da Tia Ionca(foto: Divulgação/Tia Ionca)

A recreadora Tia Ionca anima as tardes de crianças com oficinas de artes voltadas para meninos e meninas. A recreadora ensina costura, culinária, pintura no gesso, jardinagem, scrapbook, pintura na madeira e outros tipos de arte e artesanato. 

Em datas especiais, como o Dia das Mães ou a Páscoa, ela também costuma fazer aulas voltadas para esses temas, como a oficina de culinária que faz os pequenos brincarem de fazer guloseimas com chocolate. 

Para ir uma vez por semana fica R$ 90 mensais. Dia 27 será oficina para fazer um unicórnio de feltro, o custo é de R$ 55 por três horas.

Ateliê da Tia Ionca
Fone: (81) 996928786
Rua 48, 490 – Espinheiro (na mesma casa do Villa Garden)

Empreendimentos com atrações para os pequenos(foto: Ricardo Labastier/JCImagem)

Ainda são poucos os empreendedores que se tocaram para esse mercado, afinal quantos pais dão preferência a espaços onde seus filhos possam brincar enquanto eles tomam uma cerveja ou simplesmente esperam uma refeição? 

Um destaque é para o Entre Amigos (Rua da Hora, 695, Espinheiro), que tem um parquinho realmente muito organizado. Também não dá para deixar de citar a hamburgueria e temakeria Gamerz, (Av. João de Barros, 1311 – Espinheiro), que tem um espaço todo dedicado aos videogames antigos e recentemente colocou também à disposição dos clientes um karaokê. 

Nos Aflitos, uma opção é o Ambiente Cultural 243 (Av. Santos Dumont, 243 – Aflitos), que, além de redes e um violão, coloca à disposição dos clientes uma série de jogos de tabuleiro como damas, dominó e xadrez. 

Esportes no Náutico e Cinema no Rosa e Silva

(foto: Eduardo Amorim/PorAqui)

Apesar de serem atividades pagas, esses são dois lugares são bastante populares entre as crianças. O Náutico tem escolinhas de mais de uma dezena de esportes, com destaque para natação, basquete e futsal.  Não custa lembrar que, para levar as crianças para curtirem o clube, é preciso ser sócio, mas também é possível fazer as escolinhas pagando uma mensalidade um pouco mais alta do que os associados. 

A programação do Cine Rosa e Silva tem uma certa preferência por filmes infantis, em geral sempre tem pelo menos uma animação voltada para a garotada. 

Além disso, ainda tem o Country Club, se você é sócio ou tem um amigo que possa lhe convidar para curtir uma das maiores (e mais caras) áreas verdes da região. 

Com algum esforço, fizemos essa listinha. Você tem mais alguma dica? Deixe nos comentários sugestões para que outros leitores também possam saber o que fazer de bom com as crianças aqui nos bairros!


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o app e convidar os vizinhos: Android e iOS

Sugestões e colaborações: aflitos.espinheiro@poraqui.news e (81) 98173-9108 (WhatsApp)