“Tem brownie mágico?”. 

Foi a pergunta de um cliente depois de levar cinco retalhos na Pizzalize – Social Pizza. O nome da pizzaria, que fica na Rua da Hora, lembra a forma que se diz em inglês “legalize” (legalaize). Educadamente, o atendente explicou que “não é legalizado vender alimentos com maconha”.

Mas a verdade é que a Pizzalize é um dos mais queridos novos empreendimentos do Espinheiro. Famosa pelas pizzas veganas e vegetarianas, a pizzaria recentemente completou um ano de funcionamento na Rua da Hora e distribuiu gratuitamente retalhos para os clientes que chegaram por lá. 

Como fica na frente do tradicional Empório Sertanejo – um dos “afters” mais conhecidos da Zona Norte. Não é difícil ver os clientes do bar pedirem um retalho para comer com uma cervejinha.

Sim, a Pizzalize é um dos poucos lugares do Recife onde se pode comprar a pizza por pedaços!   Mas nem pense que esse é o principal atrativo dessa janelinha para o prazer gastronômico.

(imagem: Divulgação/Pizzalize)

“Nos seis primeiros meses, o que sustentou a Pizzalize foram os sabores veganos e vegetarianos”, conta um dos sócios do empreendimento Renan Vasconcelos, ressaltando que hoje elas são responsáveis por 50% das vendas.

Os “queijos” à base de tofu, jerimum ou de cenoura e batata surpreendem até mesmo quem não é muito adepto da comida saudável. O sabor das pizzas vegetarianas e veganas não deve nada a bons produtos lácteos.

Mas o lugar também tem atrativos para os carnívoros: você pode alternar uma brócolis com tomate seco (sabor mais pedido da casa) com uma de bacon.

Sobre as opções mais saudáveis, nem pense que a Pizzalize tem esses sabores apenas como uma forma de chamar a atenção da clientela. Renan Vasconcelos se tornou vegetariano em 2014 e pouco mais de um ano depois passou a se alimentar somente de comidas veganas.

É dele, que já foi chamado de galã dos veganos recifenses, o know how que possibilita inclusive relacionamentos com fornecedores.

(foto: Eduardo Amorim/PorAqui)

Para beber – Carambola, azeitona roxa, frapê de coco, ubaia, araçá, são algumas das opções de suco, mas sempre eles são oferecidos de acordo com a época do ano, pois são produtos frescos produzidos por uma cooperativa agroecológica.

O Sítio Sete Estrelas fornece os sucos que dificilmente são encontrados no mercado (só nas feiras agroecológicas) e também a tradicional carne de jaca, feita com a fruta ainda verde e que fica com um sabor completamente diferente de quando comemos os bagos amadurecidos.

(foto: Divulgação/Pizzalize)

“Para não ter o desperdício das fatias do dia anterior, a gente vende elas por R$ 2, mas não é algo fixo, é tipo: se sobrou, a gente armazena e, no dia seguinte, vendemos logo na hora em que a loja abre”, conta o sócio, explicando que a notícia se espalhou pelo bairro e muita gente já espera a Pizzalize abrir e nem sempre sobram muitas fatias.

Outro diferencial que muita gente no Espinheiro já sabe: a entrega é feita por bikedelivery e é gratuita para quem é do bairro.

Festival Vegano – Toda quinta-feira é dia de Festival Vegano. É quando Renan aproveita para testar novos recheios e também colocar à venda a massa sem glúten.

Ficou curioso e quer aproveitar? Nesta noite mais experimental, as fatias saem por R$ 6,00 e a pizza toda, por R$ 45. Mas, no dia a dia, as pizzas custam a partir de R$ 4 a fatia ou R$25 inteira (muzzarela tradicional ou vegana), tendo também opções de R$ 5 / R$ 35 (clássicas).

A Pizzalize surgiu com uma ideia de Bruno Abreu (administrador de empresa e sócio da empresa) e um primo de Renan, João Vitor. “Eles tinham feito uma viagem para o exterior e voltaram com um conceito de vender alimentação diferenciada”, explica.

Mas o empreendimento acabou com a cara mesmo desse vegano cheio de ideias para tornar a nossa vida mais leve e saborosa. Faltou falar das pizzas de chocolate, dos muffins… Mas vou ali correndo!  

Pizzalize
Rua da Hora, 5, Espinheiro
Terça, quarta, quinta e domingo: das 17h30 às 23h30                                                                                                                      Sextas e sábado: das 17h30 às 4h do dia seguinte


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android e iOS

Sugestões e colaborações: aflitos.espinheiro@poraqui.news