O Náutico está cada vez mais perto de poder voltar a chamar seus jogos para os Aflitos. Nesta quarta-feira (21), a partir das 21h, o clube promove uma live nas redes sociais para contar como será a última etapa da campanha Voltando pra Casa. Já na próxima sexta (23), deve chegar ao Recife a grama do novo campo do Estádio Eládio de Barros Carvalho.

Presidente da Comissão Paritária do clube, Luis Filipe Figueirêdo lembra que pesquisa mostra que 41% da torcida ia para os jogos a pé até 2013. A expectativa dele é que o estádio possa ser reinaugurado em abril, mas ainda existem possibilidades de adiamento. Nesta sexta, por exemplo, a grama deveria chegar do Rio Grande do Norte, mas por conta das chuvas ainda não está 100% confirmada a retirada da grama na cidade de Touro.

Narrador esportivo abre o Café Tão no Espinheiro

Para os moradores dos Aflitos, uma das grandes mudanças do novo projeto dos Aflitos ainda não será visto logo na reinauguração. O clube ainda negocia a implantação de uma área comercial na Rua Manuel de Carvalho, mas ainda não assinou contrato para confirmar quem ficará com o espaço (que será construído e alugado pelo Náutico).

“Para a gente, essa é a grande mudança no estádio”, diz Luis Filipe, sobre o complexo comercial. Outra questão é a grama do campo. Os Aflitos tinham uma espécie chamada Esmeralda que era considerada importante no fator “caldeirão” por parte da torcida, mas o novo gramado terá outras características.

Náutico quer resgatar os tradicionais bailes do clube nos Aflitos

Grama segue padrão de grandes estádios

A nova grama dos Aflitos será da espécie Bermuda Celebration. Esse tipo esteve em cinco dos estádios da Copa do Mundo, como o Maracanã e o Mineirão, e recentemente foi implantada no Allianz Parque (do Palmeiras). Com folhas finas, de rápido enraizamento e poder de recuperação de danos, ela tem se tornado uma das mais populares nos campos brasileiros.

Nesta quarta, serão apresentados produtos licenciados, que terão toda a renda revertida para as obras. Além disso também será lançada uma nova categoria de sócios, onde mais uma vez toda a receita será encaminhada exclusivamente para a recuperação do estádio.

Tem alguma dúvida em relação a volta do Náutico aos Aflitos, deixe sua pergunta para os dirigentes do Náutico nos comentários.