Criado pelos chineses e adotado pelos japoneses sete séculos antes de Cristo, o cultivo de bonsai é daquelas artes milenares que exigem dedicação e paciência, mas que também produzem muita beleza e contemplação.
A técnica de miniaturização de árvores pode ser aprendida em Aldeia, no ateliê Aldeia Bonsai, de Rejane Liberal, que há 25 anos se apaixonou pelo bonsai e desde 2010 se mantém exclusivamente da venda das plantas, manutenção (spa dos bonsais), cursos e exposições.

Aldeia: terra da jaca, fruta de mil e uma utilidades

A palavra bonsai significa “árvore plantada em bandejas” e é a limitação de espaço e as podas constantes que mantêm a planta em tamanho reduzido. Uma árvore de bonsai, segundo Rejane, pode ter apenas 30 centímetros e ainda assim dar frutos em tamanho e sabor naturais.

“Conseguimos reduzir as folhas em até 50%, mas não mudamos a genética das plantas”, explica Rejane. De acordo com ela, os menores bonsais chegam a ter apenas 5 centímetros e podem ser cultivados em dedais, mas mesmo esses dão frutos e flores.

A maioria das pessoas pensa que cultivar e manter um bonsai são coisas difíceis, mas Rejane explica que para aprender o básico são suficientes as seis horas de curso que ela ministra mediante agendamento (nas quartas e sábados), por R$ 270, em seu ateliê em Aldeia. Os cuidados, no dia a dia, são ainda mais tranquilos: basta dar a quantidade correta de sol que a planta precisa e um pouco de água diariamente.

Terapia

Algumas árvores levam mais tempo para tomar a forma de uma pequena árvore
Algumas árvores levam mais tempo para tomar a forma de uma pequena árvore

De acordo com a bonsaísta, que teve loja em Aldeia e chegou a ensinar jardinagem a muita gente, o cultivo de bonsai é também uma excelente terapia. O trabalho é basicamente de orientar o formato do tronco com arames e podar as folhas para que a planta permaneça no tamanho desejado, mas a criatividade também deve ser usada e pode dar resultados surpreendentes.

“Muita gente já chegou aqui com ansiedade ou depressão e depois de um tempo cultivando bonsais reduziu o consumo de medicamentos. A prática também melhora o raciocínio lógico na medida em que usa a matemática para calcular profundidade, altura e estilizações”, diz Rejane.

O ateliê também oferece os serviços de spa para os bonsais
O ateliê também oferece os serviços de spa para os bonsais

Por ser um trabalho artístico e que, dependendo da espécie, tem um tempo de crescimento lento – como os pinheiros, por exemplo –, os bonsais podem chegar a custar até mais de R$ 5mil. Mas os tipos mais comuns, como uma bouganvília e ou uma pitangueira com 25 cm de altura, são vendidas a R$ 150. A diária no spa dos bonsais, onde as plantas são revitalizadas e trocadas de bandeja, custa R$ 1.

Mas o melhor de tudo, mesmo, é a durabilidade das árvores de bonsai. Rejane diz: “Duram mais do que a gente. Por isso eu digo que a gente não faz bonsai para a gente mesma, mas para a nossa família, para ficar como herança”.

Em diversos tamanhos e formatos, as miniárvores embelezam qualquer ambiente
Em diversos tamanhos e formatos, as miniárvores embelezam qualquer ambiente

Aldeia BonsaiOficina de seis horas/aula por R$ 270 (o aluno leva para casa dois bonsais produzidos por ele mesmo)
Estrada do Borralho, s/n – Aldeia
(081) 99971-2690