Teve início na segunda-feira (31) a construção do trecho piloto da Estrada Parque de Aldeia, em frente ao armazém Home Center Aldeia (que deve ser inaugurado em outubro), no km 10. Os 40 metros de extensão e 15 de largura, que contemplam calçada para pedestres, ciclovia e três faixas de jardins, têm um significado mais simbólico do que prático para a comunidade aldeiense.

Explica-se: o pequeno trecho, bancado pela iniciativa privada, vai servir de exemplo para que outros comerciantes invistam na organização da estrada e, também, para que o Governo do Estado desperte para a importância do projeto de Estrada Parque para a região.

“Como moradores de Aldeia há 25 anos, sempre compartilhamos desse sonho de uma estrada humanizada, arborizada, e que respeite tanto pedestres, como ciclistas. Daí termos comprado a ideia logo que conhecemos o projeto”, diz o engenheiro e empresário Bruno Dantas, que está aplicando R$ 87,5 mil na obra.

O projeto a que ele se refere foi criado pelo Fórum Socioambiental de Aldeia e executado pelo arquiteto César Barros. Prevê transformar a Estrada de Aldeia, hoje totalmente desorganizada – sem acostamento, sem arborização e tomada por comércio irregular -, numa via que contemple paisagismo, calçada de pedestres e ciclovias.

antes e depois
Na imagem, a rodovia atual e como ficará se for transformada em estrada parque

O projeto foi entregue pessoalmente pelo presidente do Fórum, Herbert Tejo, ao governador do Estado, Paulo Câmara, em abril passado, no Palácio do Governo. Até o momento, pelo que se sabe, o projeto continua sendo “avaliado” pelos órgãos estaduais.

Enquanto isso, a obra do empresário Bruno Dantas está tomando forma e deve ficar pronta dentro de três semanas, a depender das chuvas. Animado, ele se diz feliz em dar o pontapé inicial do que pode ser uma nova era para Aldeia: a de uma estrada mais bonita, mais integrada com a natureza e que finalmente respeite seus cidadãos.