Quando o assunto é noitada, Aldeia já oferece boas opções, mas praticamente só nos fins de semana e concentradas no trecho entre os quilômetros 9 e 10 da PE-27. Ali há bares e restaurantes com música ao vivo e uma culinária bastante variada. A “night” em Aldeia começa cedo e poucos são os bares que ficam abertos até a madrugada. Confira:

No km 9 foi inaugurado há pouco – em fevereiro – o Armazém 75 Bistrô e Restaurante, do casal Patrícia Salgado, 39, e Fernando Araújo, 41. Com dois ambientes, um terraço aberto e um salão climatizado, o local vem se destacando pelo clima romântico, com luz fraca e música suave, e oferece pratos regionais como rabada, bode guisado e chambaril, além de diversos outras opções de refeições e petiscos. Aliás, entre os petiscos, o Trio Nordestino tem feito o maior sucesso: charque desfiada com macaxeira frita e queijo de coalho à milanesa, por R$ 38,85.

O Armazém 75 funciona de segunda a sábado das 11h30 às 14h e quinta, sexta e sábado também das 17 às 22h.

Petiscaria Rota 27
Petiscaria Rota 27: ambiente simples e excelência na cozinha. Foto: Tatiana Portela

Do lado oposto da Estrada fica a Petiscaria Rota 27, um contêiner que funciona entre uma barbearia e um lava jato. O ambiente é bem simples, mas a cozinha é de primeira. Uma boa sugestão é o cordeiro assado, um corte suculento e macio que vem acompanhado de feijão, arroz, farofa, vinagrete e macaxeira frita. O prato dá para duas pessoas e custa R$ 48,90. O horário de funcionamento é, de terça a sexta, das 16h às 24h, e, aos sábados, a partir das 11h até o último freguês.

Mais à frente, na área externa do supermercado Bomde+, A Saideira Caldinho e Espetinho tem música ao vivo de quinta a domingo e chamado a atenção de uma clientela bastante fiel. (Veja matéria do PorAqui).

Coisas do Rancho
Coisas do Rancho, recém inaugurado, vem atraindo muita gente que passa pela estrada. Foto: Tatiana Portela

No km 9,5, Coisas do Rancho é outra novidade que tem atraído muita gente, especialmente pelos preços convidativos. Por exemplo, a porção de 500g de camarão ao alho e óleo, prato mais vendido, custa R$ 30. O local, que também é loja de produtos “do rancho”, abre às 8h de terça a domingo, mas o bar só funciona de quinta a domingo a partir das 16h até o último cliente.

Caldinho do Mar e Bodega Camar
Caldinho do Mar e Bodega Camará: música ao vivo e boa comida. Foto: Tatiana Portela

Bem pertinho dali dividem a mesma calçada o Caldinho do Mar e a Bodega Camará. O primeiro, que fica na esquina, está sempre cheio nas noites de sexta-feira, quando o cantor Marcos Buarque apresenta um repertório de MPB pra lá de animado. O público tem também acesso a internet wi-fi e a um cardápio vastíssimo de frutos do mar.

O prato mais caro é a Kilhada de Camarões, uma moqueca de pitu, lagosta, camarão cinza e camarão vila franca que serve bem quatro pessoas e sai por R$ 180. E os ensopados são os mais em conta: por R$ 18, pode-se escolher entre ensopado de aratu, siri ou polvo.  Nas quartas-feiras o atrativo é a sopa de tubarão, cuja matéria-prima vem de Itamaracá e é servida com pão ou torradas a R$ 16 a porção. De quarta a sexta-feira, funciona das 18h até o último cliente. Já aos sábados e domingos, abre ao meio-dia e não tem hora para fechar.

Já na Bodega Camará, que há um ano passou para a administração de Taciana Maria, 38, o forte é a pizza, com quase vinte sabores e preços que variam de R$ 25 (muçarela) a R$ 48 (cogumelos). Há também moquecas, carne e galinha. O restaurante funciona de quarta a domingo e entrega em domicílio: 3459-4642.

Universidade do Guaiamum
Apesar do nome, a Universidade do Guaiamum serve pratos que vão muito além do crustáceo, inclusive fondue. Foto: Tatiana Portela
Universidade do Guaiamum
Música ao vivo e parquinho infantil são atrativos da Universidade. Foto: Tatiana Portela

No km 10, a Universidade do Guaiamum é um dos restaurantes mais antigos em funcionamento em Aldeia. Em 21 anos, está em seu quarto endereço. Funciona de terça a domingo das 11 às 23h e todas as sextas-feiras tem música ao vivo. O guaiamum, carro-chefe, é escolhido pelo cliente na hora, num tanque que fica nos fundos do restaurante. Segundo César Fulco, 43, o proprietário, os frutos do mar – peixes e camarões – são os maiores atrativos da casa, junto com o fondue de carne e de queijo. A Universidade também faz entrega: 3102-9922.

Koni Joy
Koni Joy: comida oriental e clone de chopp na Estrada de Aldeia. Foto: Tatiana Portela

Coladinho à Universidade do Guaiamum, o Koni Joy é uma temakeria e sushibar super movimentado que oferece o melhor da culinária japonesa: sushi, sashimi, niguiri, temaki, uramaki, teppan, entre outros. Diariamente tem clone de chope e o horário de funcionamento é: terça, quarta, quinta e domingo das 12 às 22h e sextas e sábados das 12 às 24h.

No Quintal
O restaurante No Quintal serve petiscos como a Charque Brejeira, além de refeições variadas. Foto: Divulgação

No Quintal, um agradável restaurante e bar que fica na Galeria Aldeia Business Park, bem em frente ao supermercado Villa Aldeia. Funciona de quarta a domingo das 11 às 22h e às terças só para almoço. Também tem serviço de delivery (3459-3682). De terça a sexta os pratos executivos variam de R$ 16 (a charque brejeira) a 27,50 (a picanha na chapa). Como petiscos, os mais pedidos são o frango a passarinho (R$ 29,50), carne de sol com fritas (R$ 34,50) e linguicinha de bode (24,50).

Uma vez por mês, sempre às sextas-feiras, uma já tradicional seresta movimenta o No Quintal com a dupla Erivan Vianna (cantor) e Sávio Belfort (maestro) apresentando sucessos de Roberto Carlos, Moacir Franco e Silvio Caldas, entre outros da velha guarda.