O diretor clínico da Novo Nascer, Gláucio Veras, explica neste vídeo a importância do olhar integral ao paciente sob internação para tratamento de transtornos emocionais. A ocorrência das chamadas comorbidades, doenças físicas que ocorrem simultaneamente com o problema mental, é muito frequente nesses pacientes. Uma das características da comorbidade é justamente que elas se potencializarem mutuamente, ou seja, uma provoca o agravamento da outra e vice-versa.

“Daí ser urgente avaliar o paciente integralmente neste modelo de clínica hospitalar, e iniciar o quanto antes o tratamento de todos os aspectos que não estiverem saudáveis”, diz o médico. Assista ao vídeo:

Leia também:

Doze passos para tratar a dependência química: conheça o programa

Psicoeducação e Saúde Mental: uma dupla inseparável

Esta coluna é assinada pela Clínica Hospitalar Novo Nascer, que funciona em Aldeia e oferece tratamentos em Dependência Química, Alcoolismo e Transtornos Emocionais, como depressão e bipolaridade.

Clínica Hospitalar Novo Nascer
Rua Cristine Albert, 752 (Estrada da Mumbeca), Aldeia
(081) 97316-3700 e (081) 4101-3201
www.facebook.com/novonascer
www.instagram.com/novonascer
www.novonascer.com.br