Seguindo uma nova tendência de planejamento urbano, que se integra a uma preocupação ambiental e paisagística, alguns condomínios da Região Metropolitana do Recife – como o Reserva de Aldeia Maggiore, no km 14 de Aldeia – já vêm sendo construídos com uma formatação diferente. Neles, a preservação de áreas de mata fechada e o plantio de árvores nativas é detalhadamente planejada e priorizada dentro do projeto de arquitetura e paisagismo.

A ciclovia foi uma das preocupações com a sustentabilidade
A ciclovia foi uma das preocupações com a sustentabilidade dentro do projeto

Leia também:

Esqueça a casa de campo. Aldeia agora é pra morar 

Reserva de Aldeia Maggiore: híbrido de moradia, clube e casa de campo

Ao paisagismo do local foi dedicada uma atenção especial. Um bosque com quatro hectares de mata preservada é um dos atrativos do loteamento. Ali, onde antes era um extenso canavial, agora árvores de diferentes espécies e tamanhos convivem com a fauna local e proporcionam um ar mais puro e temperaturas mais amenas.

A portaria do Reserva dá acesso direto à área de lazer
A portaria do Reserva dá acesso direto à área de lazer

De acordo com Luciana Vicentini, da empresa LV Urbanismo, contratada pelo Reserva, “os projetos urbanístico e paisagístico foram pensados de maneira única e conjunta. Não é possível dissociar esses dois aspectos na concepção de um loteamento”, explica.

Ela conta que, ao entrar pela portaria do Reserva, há uma grande área de lazer com academia, salão de festas e quadras, o que gera uma sensação de amplitude e faz desse espaço um lugar de convívio entre os moradores. Outro espaço de lazer foi disposto ao lado da mata preservada e como forma de ligação e de acesso dos moradores a essas áreas foi proposta uma ciclofaixa que permite total mobilidade por todo o residencial.

O minicampo de futebol é uma das áreas de uso comum do loteamento
O minicampo de futebol é uma das áreas de uso comum do loteamento

Cinco mil mudas

“E também uma faixa paisagística foi implantada no perímetro do empreendimento para utilizar trechos de gradis ao invés de apenas muros, evitando assim uma agressão visual que gere insegurança a todos os que transitam pelas vias públicas externas ao empreendimento”, resume Tatiana.

Pista de skate rodeada de muito verde
Pista de skate rodeada de muito verde

Além do bosque, os empreendedores do condomínio-clube tiveram a preocupação de plantar um pomar e há planos para uma futura horta, onde os moradores poderão colher frutas e leguminosas. A LV Urbanismo previu ainda o plantio de cerca de 5 mil mudas ao longo das ruas e áreas de lazer do empreendimento. De acordo com o projeto, serão plantados diversos tipos de árvores nativas da Mata Atlântica, algumas frutíferas e árvores que podem chegar a alcançar até 20 metros de altura. Em alguns anos, além da beleza das flores, estarão proporcionando sombra para as trilhas de caminhada e ciclovias do condomínio.

Quem quiser conhecer mais detalhes do empreendimento pode procurar um dos estandes de venda, no RioMar Shopping e no Aldeia Boulevard Mall (km 9,8 da Estrada de Aldeia). No próprio loteamento também há corretores de plantão e o telefone é (081) 3118-0031.