Todo ano é a mesma coisa: quando as chuvas começam a se intensificar, várias são as ocorrências de quedas de árvores em Aldeia. Acontece que muitas vezes elas caem sobre a PE-27 (Estrada de Aldeia), por onde passa a grande maioria dos moradores da região. Ontem, 29/5, pelo menos duas árvores caíram na rodovia, no km 17 e no km 19, interrompendo o tráfego e impedindo a ligação entre Chã de Cruz (em Paudalho) e o resto da estrada no sentido da ladeira de Aldeia.

Graças às novas tecnologias da informação, rapidamente os grupos de WhatsApp divulgaram a informação e os moradores se programaram para enfrentar a situação, uns evitando sair de casa, outros, divulgando possíveis atalhos para contornar a parte bloqueada da estrada.

Por volta das 8h45 os bombeiros já haviam conseguido retirar a árvore e desobstruir a via. No entanto, o Corpo de Bombeiros informa que normalmente não realiza esse tipo de serviço, que na verdade é atribuição das secretarias municipais de Mobilidade Urbana ou da Secretaria Estadual de Transportes por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Os bombeiros, segundo o Centro de Comunicação da corporação, “atuam em casos de emergência, ou seja, quando há risco de desabamento com perigo de vida ou quando o acidente já causou vítimas”.

É importante, portanto, ficarem todos atentos, especialmente nesta época de tanta calamidade no interior do Estado, para não acionar o órgão errado e sobrecarregar indevidamente uma ou outra instituição. Fique ligado: no caso de quedas de árvores, o correto é ligar para o DER pelos telefones 3181 4261 e 3181 4262, ou ainda pelos telefones da Ouvidoria daquele departamento, que repassa o aviso para a área responsável: 3181 4336 e 3181 4217.

O secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana de Camaragibe, Daniel Meira, informou que em casos de quedas de árvores, desmoronamento, inundação e animais na pista, a população deve ligar para a Guarda Municipal, pelo telefone 153, ou para a Defesa Civil do município, que atende pelo número 2129 9564.

Já o prefeito de Paudalho, Marcelo Gouveia, avisou que o município não atua nesses casos, ficando mesmo com o DER a responsabilidade de fazer a desobstrução da estrada. É importante lembrar que a partir do km 14 a PE-27 passa a fazer parte do território de Paudalho.