Adolescentes que usam cannabis têm risco 50% maior de desenvolver comportamento suicida na idade adulta. É o que diz estudo publicado este mês na revista Jama Psychiatry, da Associação Médica America, uma das melhores revistas de psiquiatria do mundo https://bit.ly/2TSXn3Q.

Foram analisados um conjunto de 35 artigos e 11 estudos envolvendo 23.317 indivíduos sobre os hábitos de consumo da maconha, a droga de abuso mais usada no mundo entre adolescentes. O estudo revelou ainda um risco 37% maior de desenvolver depressão na idade adulta entre os usuários.

O trabalho conduzido pela Dr. Gabirella Gobbi, psiquiatra do programa de doenças do humor do Centro de Saúde da Universidade McGill, em Quebec, no Canadá, concluiu que as políticas de prevenção devem “educar os adolescentes a desenvolver habilidades para resistirem à pressão do grupo para usarem drogas”.

Uma cultura mais permissiva, com drogas inclusive ilícitas sendo utilizadas como diversão, encontra muitas vezes na saúde física e/ou mental as barreiras que nos alertam sobre como verdadeiramente devemos proceder se quisermos viver com saúde e equilíbrio.

Leia também:

Cuidados de comorbidades fazem parte do tratamento integral de Saúde Mental 

Você sabe como funciona a terapia cognitivo-comportamental?

Esta coluna é assinada pela Clínica Hospitalar Novo Nascer, que funciona em Aldeia e oferece tratamentos em Dependência Química, Alcoolismo e Transtornos Emocionais, como depressão e bipolaridade.

Clínica Hospitalar Novo Nascer
Rua Cristine Albert, 752 (Estrada da Mumbeca), Aldeia
(081) 97316-3700 e (081) 4101-3201
www.facebook.com/novonascer
www.instagram.com/novonascer
www.novonascer.com.br