Um grupo de moradores da comunidade do Ostracil, no km 3,5, realizou um protesto na manhã desta segunda-feira (5) pedindo por mais segurança na região. Somente no últimos dez dias foram registrados quatro assassinatos: um jovem que chegava em casa com seu pai no km 4,5; um casal de adolescentes e mais um homem de idade no km 14 (próximo à Indaiá). Sem falar no assalto a uma dupla de funcionários da Celpe (também no km 4) e outras ocorrências em paradas de ônibus e dentro dos coletivos que, não registradas em delegacias, correram de boca em boca.

Pneus foram queimados para chamar a atenção da população
Pneus foram queimados para chamar a atenção da população

O protesto bloqueou a PE-27 das 7h às 8h30, com pneus queimados e causou muita polêmica, pois quem queria transitar pela área teve que enfrentar um grande engarrafamento e reclamou muito dos manifestantes. Por outro lado, um grande número de moradores se manifestou nas redes sociais elogiando a iniciativa por concordar que é preciso protestar para chamar a atenção do povo e das autoridades para o problema que cresce a cada dia.

Delegada pede ajuda para identificar assaltantes que mataram jovem em Aldeia

Segundo a polícia, dois suspeitos foram pegos no dia seguinte ao crime do km 4,5 e um deles foi reconhecido por familiares do jovem assassinado. No entanto, de acordo com a delegada Euricélia Nogueira, como não houve flagrante, apenas um dos homens foi autuado, por porte ilegal de arma de fogo, enquanto o outro foi liberado.

Fanpage do Camaragibe Agora mostrando a opinião de alguns moradores
Fanpage do Camaragibe Agora mostrando a opinião de alguns moradores

Segundo o comandante do 20º Batalhão da Polícia Militar, coronel De Lima, “as duas guarnições que cobrem a área de Aldeia e o GATI estão intensificando o policiamento e a operação duas rodas da PM em conjunto com a Guarda Municipal de Camaragibe terá foco em Aldeia”. O coronel informou ainda que “o planejamento do reforço policial está sendo concluído”.

Munguba

Uma das áreas consideradas com maior número de ocorrências é a Estrada da Munguba, também conhecida como Estrada da Telebrás, na altura do km 12,5 e que liga Aldeia a São Lourenço. Na noite desta segunda-feira foi registrada uma nova modalidade de assalto a motoqueiros. Os ladrões esticam uma corda no meio da rua para que o motoqueiro caia e seja atacado. O morador Neilson Santos foi uma das vítimas e, por sorte, após ser derrubado pelos ladrões, conseguiu ser resgatado por um taxista que passava pelo local. Com diversos ferimentos, foi levado para a UPA.