Conforme anunciado pelo PorAqui em setembro do ano passado, o projeto de corredores ecológicos na Área de Proteção Ambiental APA Aldeia-Beberibe chega à sua etapa final, que é de oficinas com grupos focais para discussão das estratégias de implantação de corredores.

A APA Aldeia-Beberibe foi criada em 2010
A APA Aldeia-Beberibe foi criada em 2010. Foto: Sobrevoo/Divulgação/CPRH

Ao longo desta semana estão acontecendo oficinas com órgãos públicos, comunidade acadêmica, produtores rurais, assentamentos, usinas e outros atores envolvidos no assunto. Na sexta-feira (11), das 8h às 16h, a comunidade de Aldeia está convidada a participar, na Pousada Aldeia dos Camarás (rua ao lado da FOP), juntamente com o conselho gestor da APA, Fórum Socioambiental de Aldeia e Associação dos Condomínios de Aldeia.

Gestora faz balanço dos 8 anos de criação da APA Aldeia-Beberibe

O projeto de corredores ecológicos tem uma importância vital para a APA Aldeia-Beberibe, tanto que faz parte de seu Plano de Manejo. São áreas identificadas pelo projeto em que a ação do homem degradou a natureza e interrompeu o fluxo natural da fauna e da flora. O mapeamento será apresentado nas oficinas, assim como as sugestões de áreas a serem reflorestadas.

“A APA Aldeia-Beberibe é uma área de extrema importância biológica que abriga inúmeras espécies da fauna e da flora da Mata Atlântica ameaçadas de extinção, sem falar que dá uma grande contribuição ao fornecimento de água para todo o Grande Recife. Daí a importância de reconectarmos os fragmentos de mata, tornando-os conglomerados mais robustos que favoreçam o fluxo do meio biótico”, define a gestora da APA, Cínthia Lima.

Para participar das oficinas não é necessário fazer inscrição e toda participação é muito importante.