Meninos e jovens de Chã de Cruz uniram inovação com sustentabilidade e alimentação saudável. Acabam de criar a Salada Viva Retornável, uma mini horta que vai à mesa e pode ser colhida diretamente enquanto a pessoa se serve numa refeição.

Saladas em exposição
Saladas em exposição

São mudas de alface lisa, alface crespa, rúcula e alho poró plantadas em terra adubada e sem agrotóxicos, vendidas em embalagens higienizadas que podem ser replantadas à medida em que as folhas forem sendo consumidas. As saladas estarão à venda na galeria Boulevard logo após as festas juninas.

A salada foi uma criação dos alunos do Projeto Plantando Ideias, Colhendo Sustentabilidade, que está sendo aplicado na zona rural de Abreu e Lima com o objetivo de promover formação em agroecologia, jardinagem e paisagismo, empreendedorismo social e cidadania. Cerca de 30 jovens em situação de vulnerabilidade social estão participando das atividades.

Equipe do projeto
Equipe do projeto

De acordo com a coordenadora do projeto, a bióloga Dinabel Vilas Boas, a ideia, que tem apoio da Fafire, traz diversos benefícios ao mesmo tempo.

Para o consumidor, a possibilidade de consumir hortaliças jovens, com maior concentração de nutrientes, e a certeza de uma procedência confiável, de um produto sem química.

Para a natureza, o benefício da reciclagem, já que a embalagem pode ser reutilizada.

E para a comunidade, a geração de renda e de formação de novos profissionais, já que todos recursos provenientes da venda das saladas serão reinvestidos em novas capacitações.

Para conhecer: Instagram: @plantandoideiascs | Facebook: @PlantandoIdeiasCS