Lembra dos “Cães do Oitenta”? Aqueles 60 cães que ficaram abandonados quando sua dona, doente, saiu da casa em que morava, no Oitenta? Isso aconteceu em agosto e o PorAqui publicou um apelo, um mês depois, de protetores de animais que se encarregaram de cuidar dos animais. Eles pediam ajuda da comunidade para financiamento das castrações e compra de medicamentos. Para felicidade geral dos cães e protetores, um doador anônimo garante a alimentação dos animais até que todos eles sejam adotados. O mutirão que está sendo formado agora é para a limpeza e desinfecção do ambiente onde ficam os cães, que está cheio de pulgas. Os voluntários entram em ação na quarta-feira, 27, a partir das 9h.

Castramóvel deve chegar a Camaragibe no início de 2018

Segundo uma das cuidadoras, Alessandra Chaves, 35 cães já foram castrados e estão se preparando para a adoção. “Como eles nunca tiveram um contato próximo com seres humanos, ainda são animais pouco sociáveis e por isso nós estamos, aos poucos, cuidando para que estejam aptos a serem acolhidos por uma família. Já conseguimos seis adoções e estamos atualmente com uns 20 já prontos para adoção”.

Cada cão é cuidado e castrado antes de ir para adoção
Cada cão é cuidado e castrado antes de ir para adoção

Segundo Alessandra, a prioridade agora é manter o local limpo, fazer o controle de pulgas, castrar os que ainda não foram castrados e promover uma feira de adoção, o que deve acontecer em janeiro. Ela explica que os cães precisam muito de carinho e paciência, pois são assustados e não são acostumados com a presença humana. “Mas são todos muito carentes e dóceis, só precisam de uma família”, diz ela.

Todo o cuidado vem sendo feito somente com a ajuda de voluntários
Todo o cuidado vem sendo feito somente com a ajuda de voluntários

Quem quiser ajudar, basta entrar em contato com Alessandra via WhatsApp: (81) 99996-1272. A castração de um macho custa R$ 60 e de fêmea, R$ 100. Os cães também precisam muito de remédios contra pulgas, vermífugos, capstar, entre outros.