Você é daqueles que gosta de sentir medo quando senta num canto tranquilo da casa para ler um bom livro? Pois bem: os fãs da literatura de horror vão ter a chance de conhecer mais sobre esse gênero assustador (e sedutor) na Bienal Geek de Pernambuco, nos dias 26 e 27 de maio, no Centro de Convenções, em Olinda.

Durante o evento, o projeto O Recife Assombrado vai promover uma tarde de debates com dois autores brasileiros que conhecem como poucos a arte de deixar os leitores apavorados.

Recife Assombrado destaca produção local na Bienal Geek

O encontro com o público será no dia 27, no espaço Papo Geek. O primeiro painel é às 13h com o escritor potiguar Márcio Benjamin e mediação do escritor e roteirista André Balaio (editor d´O Recife Assombrado).

O tema será “Literatura de horror e Lendas brasileiras” – uma reflexão sobre como o imaginário popular das assombrações está trazendo novas influências para ficção nacional de pavor.

O natalense Márcio Benjamin tem textos publicados em antologias nacionais de terror (“Noctâmbulos” e “Caminhos do Medo”, pela Editora Andross). “Maldito Sertão” foi o seu primeiro livro, de contos. Lançado em 2012 pela Editora Jovens Escribas, foi considerado um dos melhores de 2012 e 2013 pelo Troféu Cultura Potiguar, e também foi quadrinizado pelo coletivo Quadro 9.

Em 2016, Benjamin lançou seu primeiro romance: “ Fome” – também pela Jovens Escribas. O livro narra como se dá um ataque de zumbis a uma pequena cidade do sertão do Rio Grande do Norte.

Logo em seguida à conversa com Márcio Benjamin, às 14h, vem o painel com o tema “Literatura de Horror: lições de mestres como Poe e Lovecraft na produção contemporânea”, apresentado pelo o escritor paulistano Oscar Nestarez – um apanhado sobre os modelos da escrita de horror e sobre qual o futuro ficção desse gênero. A mediação será do escritor e jornalista Roberto Beltrão, também editor d’O Recife Assombrado.

Oscar Nestarez possui Mestrado em Literatura e Crítica Literária pela PUC-SP e atualmente cursa Doutorado na USP, tendo como objeto de estudos centrais a obra de Edgar Allan Poe. Como ficcionista, publicou “Poe e Lovecraft: um ensaio sobre o medo na literatura” (ed. Livrus, 2013), as antologias “Sexorcista e outros relatos insólitos“ (ed. Livrus, 2014) e “Horror adentro” (ed. Kazuá, 2016), e o romance “Bile negra” (ed. Empíreo, 2017), além de contos em diversas coletâneas. Oscar também é colunista da Revista Galileu, em que aborda temas da ficção de horror.

Os livros de Márcio Benjamin e Oscar vão estar à venda no estande d’O Recife Assombrado durante os dois dias da Bienal Geek. Os autores também vão estar no nosso espaço para conversar com o público e autografar as publicações. Não perca esse encontro medonho!