Como é tradição, no fim da Av. Domingos Ferreira, as barracas já estão montadas e com diversos artigos da festa de São João à venda. Lá, são encontrados desde enfeites para a cabeça, como tiaras, até vestidos adultos, passando pelas sandálias de couro e chapéus de palha.

Os mais procurados são os vestidos infantis, que custam a partir de R$ 50 (conversando, pode ser que o preço baixe). Mas, por enquanto, as vendas ainda estão engatinhando. A expectativa é que as coisas melhorem a partir da próxima semana, quando começam as festas juninas das escolas.

“A gente sabe que o brasileiro gosta de deixar tudo pra última hora. Então no começo é sempre assim, mas, daqui para o dia 10, os pais vão chegar pra procurar as roupinhas das festas das escolas e até para eles também, já que tem festa no trabalho ou entre os amigos mesmo”, comenta a comerciante Marisa Maria da Silva (foto).

Ela atua em barracas na mesma localidade há cerca de 10 anos, oferecendo, em sua maioria, roupas e itens confeccionados por ela. “Eu trabalho sempre vendendo aqui, mas é só nas épocas: São João, Natal e Carnaval. Quando não estamos em nenhuma destas épocas, eu trabalho confeccionando”, explica.

“São produtos muito trabalhados, com muito detalhe. A saia tem que ser de armação, por exemplo, aí depois tem que pregar os enfeites e por aí vai. A mesma coisa é para as tiaras, que a gente vai enfeitando também”, acrescenta.

Além das roupas femininas, há também as camisas quadriculadas e os chapéus de couro e de palha, além de adereços para a decoração da festa, como as bandeiras dos santos juninos. Também são vendidos fogos de artifício, mas destes ainda estão sendo oferecidos traque de massa e estrelinha, enquanto não há liberação do Corpo de Bombeiros. Um pacote de traque de massa custa a partir de R$ 5.

Ao todo, estão instaladas 14 barracas na calçada entre a Av. Domingos Ferreira e a Av. Fernando Simões Barbosa, logo após a Delegacia de Boa Viagem. O funcionamento é de domingo a domingo, das 7h às 22h.