Pra muita gente, ir à praia – mesmo que seja só pra contemplar o mar – é uma atividade libertadora e revigorante. No entanto, apesar de ser um local público, aberto e sem custos de acesso, muita gente não consegue ir areia adentro. Algumas pessoas se queixam de não haver equipamentos que garantam essa acessibilidade a qualquer hora do dia.

As aventuras de circular de cadeira de rodas por Boa Viagem e Pina

Em Boa Viagem, há, todos os sábados e domingos, o projeto Praia Sem Barreiras através de uma parceria público-privada da Prefeitura do Recife com uma universidade. Mas a reclamação se dá porque o projeto só funciona no fim de semana.

Av. Boa Viagem: Uma moderna senhora de 95 anos

“As mães querem um equipamento que possa usar também em dias de semana e no horário que for melhor pra elas e pros filhos” comenta Daniela Barza, mãe de Joaquim. Ela não consegue ir à praia porque seu filho só acorda após as 10h e, mesmo que consiga chegar rápido à praia, teria pouco tempo para aproveitar, já que o projeto encerra as atividades às 13h.

“No fim de semana, os ônibus que levam à praia são cheios, e tem muita mãe que prefere ir durante a semana, de tardezinha, por exemplo, que é um horário mais tranquilo”, afirma. “Se tivesse uma rampa fixa, mesmo sem os profissionais, já ajudaria bastante. Pelo menos eu poderia trazer Joaquim e ficar olhando o mar. Ele adora praia”, acrescenta.

Sem a opção praia, os passeios com crianças cadeirantes se concentram em shoppings centers, devido ao menor número de dificuldades na acessibilidade. “Eu não vou nem falar em parques, porque os brinquedos não são acessíveis. No shopping, a gente ainda consegue ir ao cinema, por exemplo”.

A Prefeitura do Recife responde que o local da praia de Boa Viagem que recebe o projeto Praia Sem Barreiras foi previamente estudado por  profissionais com o intuito de garantir a segurança das pessoas com deficiência. Os monitores que auxiliam no banho de mar são orientados a trabalharem apenas durante a maré baixa por conta dos riscos oferecidos pela praia.

“O banho de mar só ocorre quando a maré está baixa, portanto, as esteiras que dão acesso à areia são móveis. As rampas são fixas na orla de Boa Viagem”, explica.