Às vezes, a gente deixa de curtir o fim de semana só porque está com pouco dinheiro. Gasta ele com alguns quitutes e bebidas e torra tudo em casa. A gente conversando PorAqui chegou a uma “arrumação” e concluiu que, com R$ 50 dá pra brincar bem na praia de Boa Viagem num dia de domingo (mas pode ser o sábado também, vai). Mas, olha, essa conta é pra uma pessoa só. Quem tem criança, a coisa fica ainda mais apertada.

O preço das coisas chega a variar entre as barracas da praia, mas em geral fica na média. Por exemplo, a cerveja em lata custa R$ 5, mas se for puro malte sobe para R$ 8. O caldinho (esse não pode faltar), na maioria dos vendedores, custa R$ 5. A água mineral é R$ 4, e a água de coco é R$ 5. Pra quem gosta de caipirosca, o preço médio é R$ 10. Ah! Já ia esquecendo o queijo assado – que está ameaçado de sair da praia –, ele custa R$ 5.

O guia das prévias de Carnaval do Recife e de Olinda ?

O queijo assado e o caldinho, são as opções de petiscos mais baratas e mais encontradas (foto: Geraldo Lélis/acervo PorAqui)

Diante desses preços, escolha sua bebida, ela vai te acompanhar por um bom tempo. A cerveja geralmente é a mais pedida. Se entrarmos pelo caminho das cervejas mais baratas, poderíamos sair da praia com um saldo de 10 latas no “quengo”. Nada mal, mas é que precisamos comer algo para acompanhar. Vai um caldinho pra começar. Depois um queijo, e por aí vai.

Todos sabemos que R$ 50 é um orçamento muito limitado para ir a uma praia, principalmente, no verão. Então temos que fazer escolhas, às vezes, difíceis. Se aparece um picolé, ou petisco diferente, ou um sanduíche natural que for entrar na lista de consumo, saiba que terá de abrir mão de algo.

Mas olhando para o básico, digamos que dois queijos e três caldinhos enrolem sua fome. Ficam R$ 25 para bebidas. Nesse caso, seriam cinco cervejas das de R$ 5 ou três das de R$ 8. Mas quem gosta de caipirosca daria para tomar duas e ficaria um troco de R$ 5, para tomar uma água na volta ou para pagar a passagem, caso você more mais afastado. Se for de carro, além de não poder beber, será assediado por algum flanelinha.

O almoço? Ah, se não tiver nada preparado em casa, inventa aquela visita surpresa na casa de um familiar ou de amigos ?.