O dia da volta às aulas gera sempre esse zumzumzum na cidade. De acordo com a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), o número de carros rodando na rua aumenta em 25% do dia 31 de janeiro para 1º de fevereiro. O tempo do percurso rotineiro aumenta. Eu vi gente falando que fez em uma hora o percurso que vinha fazendo em 15 minutos.

PorAqui sorteia ingressos para 5 festas bombadas do Carnaval 2018. Participe!

Na minha experiência de levar minha filha Clarice pela primeira vez à escola, não enfrentei nenhum problema com trânsito, apesar de o tráfego ter ficado intenso no bairro do Pina, Zona Sul do Recife. Isso porque a escola fica a 700 metros de casa, e esse tem sido um critério definidor na escolha da instituição de ensino (pelo menos foi assim no processo aqui de casa).

Famílias da Zona Sul cada vez mais fãs da bike para driblar trânsito na ida à escola

Optamos por ir de carro neste primeiro dia pensando em facilitar a chegada e desgastar menos a menininha, que ia se deparar com uma experiência nova. Como não pegamos nenhuma via de grande movimento no percurso, chegamos em 3 minutos.

Na volta, tivemos a constatação de que o carro, neste caso, é totalmente dispensável. Devido às ruas serem residenciais, o tempo para fazer retorno e sair foi um pouco maior do que na ida. Tanto que uma coleguinha fez o percurso a pé e levou praticamente o mesmo tempo.

Fiquei com inveja. Mas tem nada não. Nos próximos dias, a coleguinha terá companhia na caminhada.