O trânsito em todo o Recife já começou a ficar mais movimentado a partir desta quarta-feira (2), com a volta às aulas das escolas particulares. Para driblar as filas de carros em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, e fugir da perda de tempo no trajeto casa-escola, é cada vez mais comum ver alunos indo de bicicleta ou a pé.

É o caso de Paty Sampaio. Já há vários anos que ela optou por levar os filhos Yago, 12 anos, e Nina, 7, para a escola pedalando. “Eu tenho uma bicicleta de carga que adaptei o bagageiro da frente e fiz um assento para meu filho mais velho, e levo a minha mais nova no bagageiro de trás”, conta a odontóloga que decidiu, nos últimos dias, que vai vender o carro.

“Eu já venho fazendo tudo de bicicleta e com transporte público, cheguei à conclusão que o carro é uma despesa que eu não preciso ter”, explica.

LEIA TAMBÉM:

Onde consertar bike em Boa Viagem, Pina e Brasília Teimosa

Ciclistas e pedestres reclamam de travessia perigosa na Ponte do Pina

Ultimamente a ida à escola tem sofrido mudanças na rotina, com as bicicletas, mas a segunda opção tem sido o ônibus. “Meu mais velho está entrando na adolescência e está naquela fase que dorme demais. Com isso, tem dia que fica difícil leva-lo na bicicleta. Mas eu já estou ajustando os horários dele para ele dormir melhor e poder ir na própria bicicleta”, comenta Paty.

Já Lucas de Lima, de 16 anos, decidiu ir de bike para economizar o tempo dos pais. A mãe, Janaína de Lima, destaca a facilidade, mas lembra das dificuldades. “Ganhar tempo foi a prioridade, mas ainda é ruim a questão de ciclovias na cidade, tenho certo receio pela falta de educação no trânsito. Infelizmente as pessoas não respeitam o espaço oferecido aos ciclistas”, comenta.

“Para nós, está sendo uma boa escolha. Economia de tempo, dinheiro e menos estresse no trânsito”, comemora Janaína.

E tome carro…

Além do entorno das escolas, as principais avenidas do bairro, como a Av. Domingos Ferreira, a Av. Conselheiro Aguiar e a Via Mangue, sofrem o impacto.

A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) estima que as vias da cidade recebam 250 mil veículos a mais do que recebiam até o início desta semana. Ainda de acordo com o órgão, as infrações mais cometidas neste período de volta às aulas são estacionamento irregular e parada em fila dupla.