Ao longo desses 27 anos, a Galeria Joana D’arc cresceu junto com o Pina, acompanhando a transformação do bairro, mas sem perder sua essência. Uma das premissas do local para admitir um novo inquilino é saber se a proposta comercial dele tem afinidade com as características da galeria. E tem sido assim desde 1990.

Veja: Galeria Joana D’arc acompanha transformação do bairro pelo olhar cultural

Apesar de buscar essa semelhança na forma de pensar e funcionar dos seus inquilinos, a Joana D’arc oferece conta hoje com 15 operações, entre lojas, bares e escritórios, de diferentes naturezas e propostas.

Entre os mais antigos, a sócia da galeria, Liliana Pinheiro, aponta a creperia Anjo Solto e a loja Truk da Cena, que vende artigos para teatro e aluga fantasias. “Aqui temos um mix diversificado, com bares, agências de publicidade, estúdio de tatuagem, estúdio de beleza, e são empreendimentos que conversam entre si e que trazem sempre um diferencial para nossa galeria”, explica.

Para comer e beber, a galeria tem o Empório Nova Raíz, que vende cervejas especiais e petiscos ao som de música ao vivo; a creperia Anjo Solto; e o Haus Beergarden;. Na área da beleza, há o Monde – design urbain, do cabelereiro Erick Sgobe; e a Só Cabelos Naturais, que vende cabelos para alongamento, perucas, apliques e materiais para alongamento.

No comércio propriamente dito, além das citadas Truk da Cena e Capezio, a Joana D’arc conta com Prazeres Accioly – designer de bolsas e acessórios; o designer de sapatos Jailson Marcos; e a Dez Dedos, que vende prataria e objetos de decoração indianos.

Entre os escritórios, estão Amaral Tenório Arquitetura, Birô 07 Conteúdos Criativos, Hermanos Espaço Criativo e o Estúdio Nando Zevê, além do escritório da produtora Golarrolê, que está prestes a ser inaugurado.

A Galeria Joana D’arc fica na Av. Herculano Bandeira, 513, no Pina, e fica aberta de segunda a segunda, sem um horário definido. “Eu costumo dizer que essa galeria nunca fecha. Porque os bares vão até 3 ou 4 horas da manhã, quando bate 8h, já tem loja abrindo aqui”, explica Liliana.

“Não dá para definir um horário de fechamento da galeria, porque as operações são muito diversificadas. Tanto temos lojas em horário comercial, como temos loja que só abre à tarde, além dos bares que funcionam na parte da noite”, acrescenta a administradora.


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Para baixar o aplicativo: Android iOS

Sugestões e colaborações: boaviagem@poraqui.news ou (81) 9.8173.9108 (WhatsApp)