Um morador do Pina, destacado pelo trabalho na luta em defesa dos direitos das mulheres, está entre os finalistas do Prêmio Cláudia, oferecido pela revista de mesmo nome. Avanildo Duque, de 53 anos, é coordenador de projetos da ActionAid, ONG que trabalha por justiça social, igualdade de gênero e fim da pobreza, e concorre na categoria Eles por Elas.

Conheça Aurieta, uma mulher que dedica a vida às crianças de Brasília Teimosa

A votação termina nesta segunda-feira (25). Os outros dois finalistas são Benedito Medrado, fundador do Instituto Papai, com sede no bairro da Várzea, na Zona Oeste do Recife, e Leandro Andrade, que trabalha atendendo autores de violência contra a mulher.

Avanildo apoia a luta pelos direitos das mulheres desde 1994, quando se juntou ao Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste. “Foi como colocar óculos. Passei a ver melhor, enxergando o mundo pela ótica feminista”, afirma.

“Eu fiquei muito feliz com a indicação porque é um reconhecimento do meu trabalho, envolvimento e compromisso ao lado das mulheres”, acrescenta.

“Ainda hoje são poucos os homens que trabalham de forma sistemática pelas mulheres, estar nesse meio me deixa muito feliz. Mas o que me deixa mais feliz ainda é poder falar que os homens podem se envolver cada vez mais na luta das mulheres, porque a luta é pelas mulheres, mas a sociedade se beneficia como um todo”, finaliza Avanildo.