No Pina, o tráfico de livros tem sido frequente