A variedade de cores e condições das barracas e guarda-sóis instalados na Praia de Boa Viagem está com os dias contados. É que, até o final deste mês, será iniciada a primeira etapa do projeto de requalificação da orla, que vai padronizar e organizar os equipamentos dos barraqueiros, aumentando a qualidade do serviço oferecido e promovendo uma renovação na paisagem do local. 

Essa primeira fase vai contemplar uma área de 850 m, entre as ruas Antônio Falcão e Henrique Capitulino, e, caso dê certo, será expandida para o restante dos 7 km da orla.

O projeto é uma iniciativa da Prefeitura do Recife e, neste momento, conta com a parceria da Uninassau – Centro Universitário Maurício de Nassau, que investirá R$ 1,3 milhão na compra do material. 

A extensão total da orla foi dividida em 10 setores, nomeados de A à J, e um total de 476 barraqueiros foi cadastrado pela prefeitura. 

Setenta e três fazem parte do chamado setor C, que está sob responsabilidade do centro universitário, e serão contemplados com ombrelones (tipo de guarda-sol maior), cadeiras, coletes, mesas de apoio, espreguiçadeiras, caixas térmicas, lixeira e carroças. 

Cada comerciante deverá receber a quantidade de cadeiras e mesas equivalente a área que ocupa hoje na areia.

E aí, aprovou? Deixe seu comentário aqui ou envie um e-mail pra gente: boaviagem@poraqui.news.

Eleições – As Parcerias Público-Privadas (PPPs) na orla de BV permearam o debate das últimas eleições municipais. Foram defendidas pelos candidatos Priscila Krause (DEM) e Daniel Coelho (PSDB). 

Geraldo e Daniel chegaram a brigar pela por paternidade do projeto. Relembre aqui. Edilson Silva (Psol) colocou-se contra a iniciativa.

Leia mais no JCOnline


O jornal de bairro evoluiu. No PorAqui, você encontra estações de conteúdo hiperlocal e colaborativo.

Baixe agora o app gratuito e cadastre-se: Android e iOS

Sugestões e colaborações: boaviagem@poraqui.news