Em meio a tantos deliveries de comida suculenta porém gordurosa, ou doce demais, ou com algumas substâncias que agridem, a chef Maia Deva traz o Raiz Forte, com almoços feitos a partir de receitas saudáveis. Não entram ingredientes que possam fazer algum mal à saúde. São várias opções oferecidas entre fricassê de carne de jaca, risoto de shimeji, shitake fresco, espaguete de batata e outros.

29 feiras orgânicas no Recife: saiba onde achar e se alimentar bem

Além do delivery, que pode ser feito pelo (081) 98528-2149, as delícias podem ser consumidas também no Empório Nova Raiz, na Galeria Joana D’arc, das 12h às 15h. Maia recomenda que os pedidos sejam feitos até as 10h. “Como os alimentos são todos naturais, levam um tempo um pouco maior de preparação, e para dar conta de todos os pedidos em tempo hábil”, explica. As entregas são feitas de Boa Viagem até alguns bairros da Zona Norte, como Espinheiro.

Mas o Raiz Forte é mais que um serviço de alimentação. Maia trabalha também a educação em torno das comidas que oferece. “Não adianta oferecer comida sem explicar o que é aquilo. Por isso, eu realizo oficinas em vários lugares, para crianças e adultos”, conta. “A ideia é, através da comida, curar e educar pessoas”, acrescenta.

Em um papo bastante produtivo e esclarecedor, a chef contou que a ideia começou após um estudo realizado por Maia sobre a biomassa da banana verde, no qual ela constatou que pode fazer vários pratos gostosos a partir do insumo, que é rico em muitos nutrientes. Ela constatou que pode fazer hambúrgueres, empadas, almôndegas sem usar trigo, leite nem carne.

“A biomassa cura desnutrição, melhora estrutura óssea, cuida do intestino. Ou seja, tem um benefício grandioso, mas que a gente nem usa. Por isso, comecei a trabalhar com as oficinas”, afirma. “Se a gente tivesse crianças se alimentando de biomassa, a gente não teria criança gripada por aí”, completa.

Nutrologia e veganismo: faça da sua alimentação um ato de amor

Mesmo sem usar carne, Maia não se considera vegetariana ou vegana. “Eu prefiro não enquadrar esse trabalho, porque há alimentos que podemos fazer com carne, mas eu não uso porque prefiro substituir com outras proteínas que eu consigo tirar dos vegetais”, esclarece.

“O importante é a gente saber a origem do alimento, para a gente comer uma comida sem veneno, sem hormônio, e isso serve tanto para os vegetais quanto para as carnes e queijos”, completa.

O menu é bastante variável, por dois motivos: “primeiro, porque só trabalho com alimentos da época. Se você encontra alguma fruta fora de época no mercado, é porque botaram alguma coisa pra ela dar; segundo porque o próprio organismo precisa de uma variada nos alimentos para a gente ter um equilíbrio no fortalecimento das células”.

Atualmente, as opções são: fricassê de carne de jaca, lentilha e quinoa com legumes; risoto de shimeji com quinoa vermelha; jacalhoada com mandioquinha, arroz cremoso e feijão azuki com legumes; shitake fresco com legumes, grão de bico com abacaxi e purê de banana da terra; e salpicão funcional com carne de jaca, espaguete de batata doce e salada. O serviço deve entrar no iFood nas próximas semanas.

As oficinas e outras informações sobre alimentação saudável podem ser acompanhadas no perfil da chef Maia Deva no Instagram.

Raiz Forte

☎ (081) 98528-2149
? Galeria Joana D’arc – Av. Herculano Bandeira, 513, Pina