De maneira poética, lírica e irreverente, o Bloco Anárquico Libertário Boceta Voadora faz sua estreia este ano no Poço da Panela, Zona Norte do Recife, com o bordão: “quer voar, abre as asas pra gozar. Quer gozar, abra as asas pra voar”.

A primeira festa do bloco acontece no dia 19 de janeiro no Ramon Bar, na Avenida 17 de Agosto, com a DJ Marte-Rafaella Rafael, a partir das 20h.

Vai ter degustação da cachaça que leva o nome de Boceta Voadora e sorteio de algumas obras de artistas pernambucanos com temas relacionados à proposta do bloco. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 35 (com a camisa), à venda no local.

A estreia oficial nas ruas do Poço da Panela vai ser no sábado 3 de fevereiro, às 14h, saindo da Rua dos Arcos. Quem quiser adquirir só a camisa, pode entrar em contato com Magali Marino pelo telefone (o81) 99994-6023 ou comprar direto no Ramon.

Brincadeira pra falar de coisa séria

Magali Marino é uma das criadoras do projeto Sexualidade Itinerante – De Café em café, que já saiu PorAqui.

Ela idealizou o Boceta Voadora junto com o músico Caio Cezar Sitonio como uma versão crítico-carnavalesco da metáfora grega A Boceta de Pandora, que espalhou a maldição, por séculos, impondo à mulher o lugar da repressão.

Segundo os idealizadores, a ideia foi construir “um bloco anárquico e reflexivo, trazendo o riso e a brincadeira para falar de coisa séria.”

Inspirados nas deusas anárquicas pagãs, eles defendem o escracho como instrumento de liberdade e transformação pra combater a opressão em torno da sexualidade feminina.

Confira, na íntegra, a letra do hino do bloco: