Se você é um folião de primeira viagem ou não tem lá muito costume de cair na farra, fica tranquilo que nós do PorAqui vamos te ajudar na missão #vivo pós Quarta-Feira de Cinzas, afinal, a vida segue depois do Carnaval.

O guia dos principais blocos do Carnaval de Olinda 2018

1. Não experimente o que nunca experimentou (ou vá com calma)

Quem não é folião experiente acha que o momento de fazer aquela loucura é no Carnaval. Saiba que não, pequeno gafanhoto.

Se você nunca bebeu 1 litro de Pitú sozinho, não é no Carnaval que você deveria fazê-lo. Lembre-se que são muitos dias de folia, então se você assustar seu organismo logo no começo, o Carnaval vai acabar ali mesmo.

48 frases que resumem o Carnaval de Recife e Olinda

2. Kit primeiros socorros

A gente nunca sabe direito quando e onde vai dormir no Carnaval, mas uma dica ótima é deixar do lado do seu provável ninho de sonho e descanso uma dipirona, um treloso (não estamos falando do boy magia, mas do biscoito mesmo hehe) e, se você usa maquiagem, um lencinho pra limpar o rosto.

Vai ter dia que a única coisa que você vai querer fazer é cair na cama, então dê esse mimo pra você e deixe já tudo preparado.

3. Confortável mas USÁVEL

Todo mundo sabe que tem que ir com um sapato velho pro Carnaval, mas bora ter cuidado porque o que tem de sola de sapato e rasteira torada nas ruas… Vá com um sapatinho confortável, mas veja se ele ainda é utilizável e vai aguentar o tranco. Pior do que ir com um sapato novo, é voltar sem sapato porque o bichinho já tava velho demais.

Em Olinda, Fátima Bernardes se assusta com preço do loló: ‘É gourmet, é?’

4. ÁGUA

Sério. Água. O. Dia. Todo. Beba bem muito, use o que você quiser, mas beba água. É ela que vai te deixar sem aquela ressaca no dia seguinte. É ela que vai permitir que você não morra no calor de 40 graus das ladeiras. Esse é o conselho mais precioso da lista.

5. Dinheiros

Não saia com muito dinheiro, até pra você não gastar demais na hora da empolgação. Quando se tá na ladeira, os 3 latões por 10 reais parecem o maior negócio que você vai fazer na sua vida, mas saiba que tem que sobrar $ pro resto dos dias. Uma dica é separar seu dinheiro por dia e só levar aquela quantia quando for sair.

E cuidado redobrado para cartões de crédito no bolso. Lembre sempre de guardar o dinheiro e os cartões em locais diferentes. Uns 20 conto na pochete, uns 20 no tênis, mais 30 na cueca…

PorAqui disponibiliza wi-fi grátis durante Carnaval no Recife Antigo

6. Ó O BACULEJO

A coisa mais tabacuda que você pode fazer no Carnaval é arrumar briga ou enrosco com a polícia, certo? Não faça isso. Mas se rolar qualquer estresse, saiba quais canais você pode usar pra fazer B.O, denúncia etc.

180 – Violência contra mulher
190 – Polícia Militar
192 – Pronto Socorro/Ambulância
193 – Bombeiros
194 – Acidentes de Trânsito
1407 – SOS Criança

7. Respeita as mana, as mina e as mona

Dica de ouro: respeite as pessoas. Já falamos PorAqui 4 dicas básicas para você não ser um tabacudo no Carnaval. Então siga os passos e não. E se você for mulher e rolar qualquer bronca, aqui tem as ações que vão rolar no Carnaval:

Campanhas unem mulheres contra assédio no Carnaval

8. Xixi né na rua não, vu?

Pessoas que tem um piu piu: nada de fazer xixi em qualquer lugar. Esse é o maior pedido em linha reta entre o Recife e Olinda, então bora ver, né?

E se você não tem piu piu, uma dica é usar um absorvente. Banheiros químicos e de rua geralmente não tem papel higiênico e, a não ser que você seja MUITO experiente e cuidadosa, não terá papel higiênico na bolsinha.

Depois conta pra gente: saiu vivo do Carnaval? ?