Carnaval é tempo de festa e também de honrarias. A partir de hoje (18) começa a votação dos homenageados do Carnaval de Olinda  2018. Com uma proposta democrática, a Prefeitura de Olinda em parceria com Rede Globo Nordeste disponibilizará urnas itinerantes em espaços públicos da cidade para que olindenses possam votar.

Ano passado a brincadeira seguiu o mesmo formato e as personalidades vencedoras foram o cantor e compositor Erasto Vasconcelos e o presidente do Homem da Meia-Noite Luiz Adolpho.

Esse ano também serão escolhidos dois vencedores e o resultado da disputa será divulgado ainda esse mês, no dia 25 de janeiro de 2018. Mestres patrimonialistas e da cultura popular, personagens carnavalescos e músicos, são os candidatos da vez.

O PorAqui preparou um breve perfil de cada um para você conhecer um pouco mais sobre a história de Olinda. 😉

Adriana do frevo

Adriana dissemina o frevo por todo o Brasil. Foto: Acervo

Passista e professora olindense, Adriana Lima está há mais de duas décadas divulgando o ritmo popular por diversos lugares do Brasil.

É criadora do grupo Cia Brasil por Dança, que promove um trabalho voluntário e independente levando o conhecimento sobre o frevo para crianças, jovens e adultos do Clube Vassourinhas de Olinda.

Mestra Ana Lúcia do Coco

Foto: Jan Ribeiro/Secult-PE

Nascida na Ilha do Maruim (Varadouro), a mestra coquista é uma das primeiras moradoras da comunidade do Amaro Branco, em Olinda. Filha de uma família que já manejava os brinquedos populares, Ana Lúcia do Coco herdou e deu continuidade à tradição. Foi uma das primeiras mulheres a compor coco de roda e a tocar o ganzá.

Referência no entorno onde mora, é conhecida por ajudar os vizinhos que mais precisam. Lidera o Pastoril Estrela de Belém, projeto de trabalho voluntário com crianças das comunidades olindenses.

Antenor Vieira

Ilustração: Sebba

Arquiteto patrimonialista e professor da UFPE, Antenor Vieira de Melo, contribuiu na criação do Sistema Municipal de Preservação, fundamental para a cidade obter o título da UNESCO de Patrimônio Cultural da Humanidade, em 1982. Coordenou projetos de restauração de imóveis da cidade, como o Mercado Eufrásio Barbosa e a sede da Prefeitura de Olinda.

Nem todas as cinzas são ingratas

Querido pelo seus alunos, Antenor foi homenageado ainda em vida com o bloco carnavalesco B.E.B.E.R.I.C.A.R. (Bloco Etílico Babilônico Exuberante Revolucionário Inebriante e Carnavalesco Antenor é Rei).

Mestre Afonso

Originário da Campina do Barreto (Recife), Afonso Gomes de Aguiar Filho é babalorixá e há mais de vinte anos comanda um terreiro em Águas Compridas (Olinda), local onde hoje é a sede do Maracatu Carnavalesco Misto Leão Coroado.

Criado em 1863, o Maracatu Leão Coroado tem mais de 150 anos ininterruptos de luta e resistência. É considerado Patrimônio Cultural Vivo e símbolo da resistência negra pernambucana.

Marcos Axé

Foto: Reprodução/ Facebook

Filho dos terreiros de Olinda e Recife, Marcos Antônio Alves foi músico, compositor e produtor musical. Percussionista do músico Otto há mais de vinte anos, Marcos Axé, também conhecido como Negrito Guapo, tocou e foi produtor de outras bandas, como o Lamento Negro, Baião de dois, Via Sat, Nação Zumbi, Orquestra do Sucesso e Bloco Nação Mulamba.

Maestro Ivan do Espírito Santo

Foto: Beto Figueiroa

Nascido em Olinda, atualmente é o Maestro do Grêmio Musical Henrique Dias. Por lá ministra cursos de teoria musical, saxofone, flauta-doce, flauta transversal e solfejo. 

É solista na Orquestra Sinfônica Jovem e na Orquestra do Conservatório Pernambucano de MúsicaSaxofonista desde 1982, é também arranjador, flautista e saxofonista da Orquestra Contemporânea de Olinda.

Pedro Garrido

Pedro Garrido é quem dá vida ao Homem da Meia-Noite. Foto: Acervo PE no Carnaval

É ele quem carrega nos ombros o misticismo do calunga mais charmoso das ladeiras de Olinda. Foi o bonequeiro João do Boneco quem deu a oportunidade para Pedro Garrido, há 30 anos, carregar anualmente os 50 kg do elegante Homem da Meia-Noite.

Pedro Garrido também deu vida a outros bonecos como Capiba, Maestro Forró e a Mulher do Meio Dia. No ano de 2015 foi um dos homenageados do Homem da Meia-Noite.

Tiago da Bruxa

As bruxas estão soltas há mais de uma década. Foto: Acervo/JC Online

Há 11 anos, no dia sete de setembro, no desfile da Pitombeira, Tiago José dos Santos (48) levou pela primeira vez duas bruxas, Gorete e Regina, para passear nas ladeiras de Olinda e nas ruas do Bairro do Recife.

 Tito Lívio
Foto: Reprodução/Facebook

Cantor e compositor pernambucano, Tito Lívio era parceiro e amigo de Lula Cortês e foi gravado por artistas como Elba Ramalho, Alcymar Monteiro e Zeca Baleiro. O músico gravou quatro discos: “Feito pra tocar no rádio”, “Fala”, “Cheiro de Jasmim” e “Galope noturno”.

Recebeu em 2011 o Troféu Acinpe na categoria “Melhor CD de Carnaval” com Cheiro de JasmimUma das músicas mais conhecidas de Tito se chama Arreio de Prata, interpretada por Alceu Valença.

Zeu das Olindas

Encontro de Bonecos de Olinda. Foto: Jan Ribeiro/Pref. Olinda

Maria dos Prazeres de Paula é Ialorixá e uma das pessoas mais atuantes no Carnaval de Olinda. É considerada a primeira porta estandarte e fundadora da Escola de Samba Preto Velho. Além disso, é fundadora do Encontro de Bonecos Gigantes e dos Bonecos Mirins.

?Fique ligado nas datas e locais de votação:

18/01 – Praia do antigo Quartel da Polícia do Exército (PE), 6h30 às 15h
19/01 – Terminal de Ônibus de Rio Doce, 6h30 às 15h
20/01 – Feira de Peixinhos, 7h30 às 13h30
22/01 – Terminal de Xambá, 6h30 às 15h
23/01 – Centro Comercial de Ouro Preto, 6h30 às 15h
24/01 – Alto da Sé, 6h30 às 15h