Chegar à casa de Yago Braga é ser recebido com um grande sorriso. Se for em época de Carnaval, o menino de 14 anos vai lhe dar as boas-vindas com histórias e objetos decorativos do bloco que tanto ama e que, desde 2013, tem seu nome figurando entre a lista de integrantes: o Bloco da Saudade.

Yago pede para mostrar a arte que faz em homenagem ao bloco. (Foto: Paula Melo/PorAqui)

Frequentador assíduo dos desfiles, ainda era um bebê de colo quando viu o Bloco da Saudade pela primeira vez. Aos 9, recebeu o convite da diretoria para participar do grupo. Parte da família é ou foi integrante do bloco, que chega aos 45 Carnavais em 2018, mas parece que este ano, nenhuma das tias vai e Yago vai sozinho mesmo.

Talento

A mãe, Carol Braga, apoia, claro! “Ele tem esse dom artístico: pinta, restaura. Nessa época, minha casa vira um Carnaval, com estandartes e flabelos do Bloco da Saudade”, conta. “Enquanto está todo mundo no celular, ele está fazendo arte”.

“Ele vai pra todos os ensaios. Eles se apresentam em shopping, no Recife Antigo…”, diz a mãe.

Yago na linha de frente do desfile em 2017. (Foto: Bloco da Saudade/Acervo)

Pergunto se ele gosta de Carnaval. “Vou ser bem sincero: não gosto muito não. O Bloco da Saudade é que motiva a gente. Não sou muito fã de Carnaval. É melhor ficar no Bloco da Saudade”, diz Yago.

As expectativas estão altas para este ano: “Eu acho que esse vai ser um dos mais bonitos que eu já saí, sobre Olinda”. A mãe me revela que é exatamente na cidade vizinha do Recife onde Yago viveu as prévias mais marcantes.

Nesta sexta (26), tem ensaio do Bloco da Saudade na AABB, nas Graças. (Clique AQUI para saber mais.) O ingresso custa R$ 30 e você pode ver bem de perto a alegria desse menino, que já nasceu com o coração cheio de Bloco da Saudade.