Todos os domingos de janeiro até o Carnaval, o bloco Mulher de Bigode está realizando ensaios abertos a partir das 13h no espaço cultural Poço das Artes, da artista plástica Clarissa Garcia, no Poço da Panela.

Guia das prévias GRATUITAS no Recife e em Olinda ?

O bloco foi criado há quatro anos por um grupo de moradoras de Casa Forte como um contraponto ao bloco de Os Barba.

“Já que tem a homenagem a essa força masculina, da barba, criamos o nosso bloco como forma de incluir as mulheres, homenageando Frida Kahlo e ativando o poder feminino através do símbolo da mulher de bigode. É uma força tão grande que nem o diabo poderia conter” explica a funcionária pública Felícia Mendonça, uma das organizadoras do bloco.

Bloco homenageia a pintora mexicana Frida Kahlo

O desfile da Mulher do Bigode é sempre no mesmo dia de Os Barba, que este ano acontece no dia 3 de fevereiro. A concentração é no Poço das Artes, de onde a mulherada sai sem um percurso pré-definido.

Independente do caminho, uma parada é obrigatória: a casa de Dona Beata, que fica no oitão da Igreja do Poço, onde funcionava o bar da Beata, bastante frequentado nos anos 1990.

“O bloco faz questão de ir cumprimentar Dona Beata, pois ela é uma das mais antigas moradoras do Poço ainda viva, tem mais de 90 anos, e representa muito bem a resistência da Mulher do Bigode”, conta Felícia.

Confira um trecho do hino:

Mulher de Bigode dá muita confusão
Igual a Frida Kahlo, a mulher é fenomenal
Com alma revolucionária, sua essência natural
Como elas, existem muitas
com suas conquistas e transformações
E aqui tem eu e você
dançando nesse bloco, florescendo nosso ser