Surgida há 7 anos, e inspirada no livro Carnaval (1919), de Manuel Bandeira, a Troça Carnavalesca Mista Bacanal do Bandeira ganha mais uma vez as ruas do Centro do Recife, nesta sexta (2), misturando o lirismo do poeta pernambucano com o frevo no pé.

A concentração acontecerá às 17h, em frente ao Espaço Pasárgada, na Boa Vista, espaço cultural que foi a morada de Manuel Bandeira durante sua infância, dos seis aos dez anos.

Da nostalgia dos Carnavais da infância

E o Bacanal não sai só. Os blocos Carnaval Poeta, Eu Vou Também e Bacantes se unem no desfile, que passará pelas ruas da União (onde fica o Espaço Pasárgada), da Saudade e da Aurora, onde se encontra a estátua de Manuel Bandeira, integrando o Circuito da Poesia.

O Bacanal também contará com um cordão poético-teatral, que fará declamações e interpretações de cenas curtas durante o desfile. Os integrantes do cordão fazem parte da oficina Palhaçaria Poética, que começou nesta terça (30), em uma ativiade voltada para os amantes da poesia e da palhaçaria.

Desfile da Troça Mista Carnavalesca Bacanal do Bandeira
Sexta (2)
Concentração às 17h, no Espaço Pasárgada | Rua da União, 263 – Boa Vista
Gratuito