Os foliões de Jardim São Paulo têm motivos de sobra para não chamar a Quarta-feira de Cinzas de “ingrata”. Mais uma vez este ano. Nesta quarta (14) é dia do bloco Espalha Merda sair nas ruas do bairro, arrastando uma multidão. A concentração será por volta das 10h30, em frente à Padaria La Roque.

O Espalha Merda já está em sua 38ª edição. Surgiu em 1981, formado por alguns irmãos e dois amigos do bairro. “Tudo começou quando a gente estava tomando umas cachacinhas e aí fomos num morador que vendia peixe e galinha. Enfiamos um peixe num pedaço de pau e saímos pela primeira vez”, conta Marcello Motta, um dos fundadores do Espalha Merda.

O bloco, que começou com seis pessoas, hoje deve contabilizar mais de 5 mil foliões, segundo estimativa do “olhômetro” de Marcelo. “Era bem pequeno, aí, com o tempo, botamos carro de som, orquestra, trio elétrico”. Neste ano, são dois trios elétricos, um deles trará uma orquestras de mulheres no comando.

4 dicas básicas para não ser um tabacudo no Carnaval

O trajeto será: saída da Padaria Le Roque, segue pela Rua Leandro Barreto, subirá e descerá o viaduto, Avenida São Paulo, Praça Central de Jardim São Paulo. Depois, ele retorna no sentido inverso.

Outra curiosidade que chamava muita atenção no Espalha Merda eram os foliões que, pra fazer jus ao nome do bloco, desfilavam portando pinicos (novos e sem uso, vale salientar) com cerveja dentro e, também, salsichas. “Isso era quando o bloco era pequeno ainda, umas 700 pessoas. Hoje em dia, não mais”.

Espalha Merda
Quarta (14), com concentração a partir das 10h30, na Padaria La Roque (Rua Leandro Barreto, 512 – Jardim São Paulo)
Gratuito