Pelo 34° ano consecutivo, a troça mista Turma da Jaqueira Segurando o Talo vai sair pelas ruas de Casa Forte, Zona Norte do Recife, no dia 3 de fevereiro, a partir das 11h. Os foliões vão se concentrar em frente à Fundação Joaquim Nabuco, onde o tradicional bloco nasceu.

O guia das prévias de Carnaval do Recife e de Olinda ?

Criada em 1984 por uma turma de motoristas da Fundaj, a troça sai sempre uma semana antes do sábado de carnaval. Este ano, dez trios elétricos com frevioca vão desfilar pela Avenida 17 de Agosto, além de Maracatu Rural, Bloco Lírico Eu quero mais e as Orquestras Paranampuká e Arrecifes Frevo.

Desde 1986, a Turma da Jaqueira Segurando o Talo mantém a tradição de homenagear grupos, pessoas e instituições que contribuíram para a cultura popular do Estado. Este ano, as homenagens vão para os 66 anos do Clube Elefante de Olinda, Poca da banda Beleza Pura e para o Bloco Lírico Eu quero mais.

História

O nome A Turma da Jaqueira vem do apelido que era dado aos motoristas da Fundaj, que nas suas horas de folga se reuniam num banquinho embaixo de uma jaqueira, localizada atrás do Museu do Homem do Nordeste.

No seu primeiro ano de existência, o Segurando o Talo desfilou em um Jeep, que levava uma batucada e seu estandarte de madeira, conseguindo reunir cerca de cem foliões.

Hoja, a prévia já é consagrada pelos recifenses, principalmente pelos moradores dos bairros de Casa Forte, Poço da Panela, Monteiro, e Apipucos, reunindo mais de 60 mil foliões.

Nos primeiros anos, o estandarte era confeccionado em madeira e continha o desenho estilizado de uma jaqueira, assinado por José Carlos Silva, que além de motorista, era também desenhista.

? Fundação Joaquim Nabuco
?Avenida 17 de Agosto, 2187, Casa Forte