Ele não somente recebeu o nome de batismo em homenagem a um grande compositor de música clássica como também parece que herdou o talento musical. Morando na cidade de São Caetano, no Agreste de Pernambuco, foi aos 16 anos que Mozart Vieira decidiu ensinar música a crianças carentes.

Quinze anos depois, em 1993, sua vida mudou completamente depois que uma reportagem do jornalista Geneton Moraes Neto foi exibida no programa Fantástico, da Rede Globo, mostrando uma orquestra formada por meninas e meninos carentes tocando músicas clássicas no alto do Morro do Cruzeiro.

O maestro Mozart Vieira tem 40 anos de dedicação à formação musical de crianças e jovens carentes

A reportagem sensibilizou o então Governador de Pernambuco, Joaquim Francisco, que doou um antigo casarão colonial no centro da cidade para abrigar as aulas de música e ser a sede oficial da recém-criada Fundação Música e Vida de São Caetano.

No ano seguinte, o cantor Ivan Lins lançou, pelo seu selo fonográfico Velas, o disco Os Meninos de São Caetano / Banda Sinfônica do Agreste. Por fim, chegaram os convites para as viagens nacionais e internacionais. Tal repercussão despertou também a desconfiança de grupos políticos locais conservadores.

O desenrolar dessa história foi contada em 2008 no filme A Orquestra dos Meninos, dirigido por Paulo Thiago, com Murilo Rosa, Priscila Fantin e Othon Bastos no elenco.

A Fundação Música e Vida é dirigida pelo maestro Mozart Vieira (diretor musical) e sua esposa Creuza Vieira (diretora pedagógica).

Anualmente é feita uma seleção para matricular cerca de 200 crianças e adolescentes de São Caetano e região que irão frequentar os cursos de educação musical, teoria e percepção musical, prática instrumental, música de câmara, canto coral, organização de atividades artísticas (apresentações e recitais), além de cursos preparatórios para universidades e concursos públicos (orquestras, bandas sinfônicas, bandas marciais, etc).

O maestro Mozart Vieira tem graduação em Música, em Matemática e em Ciências e pós-graduação em metodologia do ensino de música. Além do trabalho na fundação, o maestro Mozart Vieira criou e implantou, na cidade de Belo Jardim, também no Agreste, o curso de Licenciatura em Práticas Interpretativas da Música Popular, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE).

Mozart também idealizou a Orquestra de Pífanos de Caruaru, sendo o atual regente e diretor artístico, responsável pela abertura oficial do São João de Caruaru desde 2017.

Apresentação da Orquestra de Pífanos de Caruaru, sob regência do maestro Mozart Vieira

Como ajudar

A Fundação Música e Vida de São Caetano é uma instituição sem fins lucrativos reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) e não possui qualquer tipo de vínculo com órgãos governamentais ou empresas privadas.

Qualquer tipo de ajuda é bem-vinda, e todo tipo de doação é válido: roupas, alimentos, materiais de consumo e, claro, instrumentos musicais. Você também pode ajudar financeiramente depositando qualquer valor em moeda brasileira na conta bancária abaixo:

FUNDAÇÃO MÚSICA E VIDA DE SÃO CAETANO
CNPJ: 35.673.086/0001-06
BANCO DO BRASIL
CONTA: 8.227-9
AGÊNCIA: 0159-7

Endereço
Fundação Música e Vida de São Caetano
Casa Pedro A. do Nascimento, 106
CEP: 55.130-000
São Caetano – PE

Aula de prática de instrumento musical com o trompete