A Capital do Agreste é conhecida por ter o maior e melhor São João do Mundo, mas em 2018 resolveu investir também na semana pré-carnavalesca. Neste sábado (3) e domingo (4), o Carnaval Caruaru Cultural vai transformar o Centro da cidade num “corredor da folia”, no qual oito polos vão receber o público de toda a região.

São eles: Pedro Sucata, Café com Frevo, Jackson do Pandeiro, Inclusão na Folia, Aldo Teixeira, Má Fama, Corredor Carlos Fernando e Estação Folia, onde será montado o palco de música alternativa Rec-Beat.

Rec Beat traz música eletrônica, afrobeat, reggae e rock a Caruaru

História

Quem olha Caruaru se reinventando nesse aspecto nem imagina que, no passado, a cidade já foi polo de uma das festas de Carnaval mais animada do Estado. Os blocos carnavalescos concentravam grande número de foliões e a alegria tomava conta das ruas com La Ursas, Bumba-meu-Boi e as disputas históricas entre orquestras e blocos.

De acordo com o historiador Walmiré Dimeron, a Avenida Rio Branco, no Centro, era uma das que concentrava um grande número de foliões para participar dos eventos. “No período de Carnaval, a Rio Branco era conhecida como Quartel General do Frevo. Era nessa rua que acontecia o desfile das agremiações e ficava lotada de foliões para acompanhar”, revela Dimeron.

Para o estudante Luiz Ferreira (24), natural de Goiana-PE, é uma oportunidade única e curiosa poder participar dessa festa: “Conhecia apenas o São João de Caruaru e agora tou ansioso para ver a Capital do Forró se transformar na terra do frevo por alguns dias”.

O Carnaval Caruaru Cultural terá como homenageados duas figuras folclóricas e por quem os caruaruenses têm muito carinho. Dona Lindaura, matriarca do Boi Tira-Teima, que faleceu em 2017, aos 81 anos, e Naldinho do Mastruz com Leite, que também faleceu no ano passado. Ambos construíram histórias de sucesso na cidade.

Programação

Sábado (3)

Polo Pedro Sucata (Rua João Condé)
10h – Bloco Sucatinha com a Orquestra de Frevo Se Vira Nos 30
14h – Orquestra de Frevo Tradicional Maestro Luciano
15h – Maestro Forró
17h – Orquestra Fernando Borges

Polo Estação Folia (Estação Ferroviária)
13h – Boi Surubim
14h – Boi Tira-Teima
16h – Boi Nelore
17h – La Ursa

Palco Rec-Beat (Estação Ferroviária)
16h – DJ Rimas Inc. (PE)
18h – Rasga Mortalha (PE)
19h – Arrete (PE)
20h20 – Ifá (BA)

Polo Café com Frevo (Café Guarany – Praça em frente ao Banco do Brasil)
12h – Orquestra de Quequé (saída em direção ao Polo Estação Folia)
13h30 – Orquestra do Maestro Minininho
15h – Orquestra do Maestro Pezão

Polo Jackson do Pandeiro (Rua Oscar Mariano)
12h – Orquestra do Maestro Pezão
13h – Jucélio Vilela
16h – Chris Mendes e Samba de Latada

Polo Aldo Teixeira (Rua dos Expedicionários)
12h – Orquestra Mulher de Todos os Dias
14h – Bloco da Saudade do Sesc
15h – Boi Treme-Terra
16h – Saída do bloco Mulher de Todos os Dias, passando pelo Corredor Carlos Fernando até o Polo Estação Folia

Polo Inclusão na Folia
12h – Orquestra de Bitonho
14h30 – Bloco da Saudade do Sesc
14h – Banda Segnus

Domingo (4)

Polo Má Fama (Rua Silvino Macedo)
15h – Chegada do bloco “Os Kannayas”
16h – Orquestra do Seu Quequé