O PorAqui tá chegando a Caruaru e resolvemos ajudar os coleguinhas da capital a entender um pouco mais do nosso linguajar peculiar e único, que é reconhecido em qualquer lugar deste planeta. Existem algumas palavras, frases e gírias que somente quem se deixa envolver pela essência da Capital do Forró (sim, também somos capital ?) consegue compreender.

Antes de mostrar o significado das gírias e sua aplicação prática, vou contar a história do programador caruaruense Artur Bezerra, de 35 anos, para vocês entenderem como é fácil reconhecer alguém que é de Caruaru pelo mundo afora.

Artur estava em Gramado-RS, quando, na saída do hotel para um passeio, ouviu o seguinte entre um pai e um filho: “ô painho…”. De imediato, ele olhou para o pai e disse: “Esse painho é nordestino”. Ele disse: “Sim, somos pernambucanos”. Artur reforçou: “Que coincidência, também sou”. Aí ele se entregou mais ainda: “Tai doido, coincidência danada”. Aí ficou fácil para Artur que achou um conterrâneo em terras gaúchas.

O “Tai doido” é uma das gírias mais utilizadas por quem mora em Caruaru e, de acordo com pesquisas de mesa de bar, é a mais lembrada quando se quer saber qual a expressão tipicamente caruaruense. E é por ela que vamos começar nosso guia:

Tai doido: utilizada quando se quer demonstrar surpresa, raiva, felicidade… na verdade, o tai doido vale para quase tudo que se quer dizer por aqui. Exemplo 1: Tai doido, esse site vai ser sucesso aqui, viu?! Exemplo 2: Tai doido, bicho, não acredito que deixei meu celular em casa.

Bexiga lixa: algo terrível, péssimo, acontecimento negativo de qualquer ordem, indignação. Exemplo: Esse celular tá com a bexiga lixa hoje! Travando direto.

E apoi: confirmação de algo. Exemplo: Tu vai pra festa hoje? – E apoi, estarei lá.

Febi do rato: Também podendo utilizar a variação Eita febi. Significa algo ruim ou que deu errado. Exemplo: Febi do rato, levaram meu celular.

Gota serena: quando alguém tá exagerando em algum sentimento. Exemplo: Paulo tava com a gota serena hoje na festa, feliz até dizer basta.

Tá ligado: Confirmação de que a pessoa tá entendendo o que o outro tá falando. Exemplo: Essa história todinha só pra dizer que Caruaru é massa, tá ligado?!

Tá cá peste: significa algo exagerado. Exemplo: Tá cá peste, ela trabalhou mais de 12 horas, foi?

Pé de galo: significa alguém chato, que incomoda. Exemplo: Lá vem o pé de galo do João. Ninguém aguenta mais esse menino.

Peeeeense: Assim cheio de eeeee para entoar quando se fala mesmo, pode significar coisa boa ou ruim dependendo da aplicação da frase. Exemplo 1: O pátio tava lotado ontem, peeense! Exemplo 2: Agora peeense num remédio ruim da bexiga.

Estrondo: significa tremor de terra. Exemplo: Tu viu o estrondo que teve essa madrugada?! Abalou foi tudo lá em casa.

A gente ainda teria mais um bocado de expressão e palavras típicas de Caruaru pra mostrar pra vocês (quem sabe um Guia – parte 2 ?), mas com essas palavrinhas aqui vocês já podem identificar um caruaruense em qualquer lugar do mundo e chegar por aqui também pra conhecer a Má Fama e tomar uma em Byron, mas isso é conversa pra outro post.?