Considerado um problema de saúde pública, o suicídio tem aumentado as estatísticas de mortes no Brasil. A cada 45 minutos, uma pessoa se suicida no país. Dado alarmante e que necessita da ações preventivas.

Com base nesta realidade, a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Santa Cruz do Capibaribe, localizada no Agreste pernambucano, e o projeto Santa Cruz na Moda (SCM), instigados pelo trabalho do jornalista André Trigueiro, autor do livro Viver é a melhor opção – A prevenção do suicídio no Brasil e no mundo, resolveram entrar na campanha do Setembro Amarelo com o tema “Viver não sai de moda”.

O presidente da CDL de Santa Cruz do Capibaribe, Bruno Bezerra, justifica: “O Setembro Amarelo é uma causa nobre, que envolve o que temos de mais precioso: a extraordinária oportunidade de viver. Suicídio é caso de saúde pública, e a sociedade organizada precisa unir esforços no trabalho de prevenção ao suicídio e valorização da vida”.

A Campanha Setembro Amarelo foi institucionalizada no Brasil pelo Conselho Federal de Medicina e pela Associação Brasileira de Psiquiatria, através do Centro de Valorização da Vida. A ação dura todo o mês de setembro, culminando com ações paralelas em todo país, no dia 10, o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio.

O CVV (Centro de Valorização da Vida)  realiza, desde 1962, um trabalho voluntário de apoio emocional e prevenção do suicídio por telefone e mais recentemente pela internet (http://www.cvv.org.br/site/chat.html), sem vinculação política ou religiosa. A ligação é gratuita pelo número 188.