Roberto Genésio lembra pouco da vida sem ser envolvida no cheiro de livros usados. Nunca teve outra profissão: sempre trabalhou em sebos, desde os 13 anos de idade. Hoje, aos 44, fica de segunda-feira a sábado, das 8h às 17h30, na banca de livros que tem em uma esquina da Rua Padre Lemos, bem no centro de Casa Amarela. Funcionando há dez anos, e ponto de referência para quem gosta de comprar livros no bairro, a barraca nunca teve um nome. É simplesmente o sebo de Casa Amarela.

Genésio é de poucas palavras e muita leitura. Não sabe ao certo quantos livros leu em mais de três décadas de trabalho. Deve passar de mil. “Eu leio de tudo. De tudo mesmo. Mesmo quando eu não leio o livro todo, eu folheio, para saber mais ou menos sobre o que é e poder indicar para quem vem aqui comprar”, conta.

Procurando livros escolares (e baratos) para os filhos? Vai ao Sebo!

E o público é eclético. Vai desde mães e pais procurando por livros didáticos, fãs de suspense, de romance, de auto-ajuda. Este último, o gênero favorito de Roberto. “Gosto muito dos livros de Augusto Cury”, diz, se referindo ao psiquiatra que já vendeu mais de 25 milhões de livros somente no Brasil.

O preço dos livros começa em R$ 5 e geralmente não sobe além dos R$ 90. Os mais disputados são os de Gilberto Freyre e Ariano Suassuna. “É difícil algum livro deles ficar parado por aqui. Vendem rápido”, conta Roberto, que indica A Pedra do reino para quem quer conhecer a obra do autor paraibano. Se o leitor quer suspense, Roberto não hesita: “É Agatha Christie. Tenho alguns títulos dela”.

Sebo Casa Azul é novo reduto poético na Cidade Alta de Olinda

Na prateleira, tem A Odisséia, de Homero, tem As relações perigosas, de Choderlos de Laclos, tem Viagem ao centro da Terra, de Júlio Verne. E tem também De volta à cabana, best-seller de William P. Young. São mais de dois mil títulos, para todos os gostos e bolsos.

Sebo de Casa Amarela
?Onde fica: Na esquina da Rua Padre Lemos com a rua Senador Soares Meireles, Casa Amarela, Recife-PE
⏰Horário de funcionamento: De segunda-feira à sábado, das 8h às 17h30