Quando vim morar em Casa Amarela, há quatro anos, havia um imenso terreno baldio no final da minha rua. Pertinho do canal do Arruda – que termina próximo dali  – o local era repleto de lixo e de ratos, sendo evitado pelos moradores da região.

Hoje, o imenso terreno é um convite para se passear no bairro. É onde fica a Horta Comunitária de Casa Amarela, um desses projetos utópicos que dá certo e faz a gente acreditar que uma nova cidade é possível. Nesta segunda-feira (16), feriado de Nossa Senhora do Carmo, a horta completa três anos com uma extensa programação, que tem desde oficinas de meditação e percussão até show, feira de artesanato (com a Feira Livre do Poço) e distribuição de mudas.

A horta no começo, em 2015, e como está agora. Fotos: Paula Saldanha/Bruno Lopes

Falar que é uma horta não dá dimensão do que foi feito no terreno ao longo desses três anos. Para quem passa, parece uma floresta: tem árvores crescidas como oliveiras, bananeiras, pés de graviola, de goiaba. Ervas aromáticas, medicinais, batata doce, macaxeira, enfim, uma variedade imensa: mais de cem tipos de plantas estão ali.

Leia também:

Casa Amarela de antigamente: Você reconhece esses lugares?

Dica certeira: quando não souber aonde ir, vá na Candellabro

Alto José do Pinho recebe jardim móvel e encerra polêmica

A natureza foi muito generosa nesses três anos, mas nada seria possível sem o trabalho dos voluntários. Uma delas, Ana Rosa Bezerra,  conta que hoje são mais ou menos 12 pessoas que tomam conta da horta, ajudando como e quando podem. “São muitas fruteiras, muitas plantas. No começo não se sabia nem de quem era o terreno, se era da prefeitura ou se tinha algum dono. Nesta semana, depois de muita procura, foi confirmado que o terreno é mesmo da prefeitura”, conta Ana Rosa.

Toda a programação desta segunda-feira é gratuita. Além das atividades abaixo, vai ter barraquinhas de comida e bebidas, inclusive com comidas veganas.

Outra coisa bem legal é que a Fundação Joaquim Nabuco vai levar um estande do projeto Livro de Coração, com 300 livros para doações. Entre os títulos, estão Joaquim Nabuco em quadrinhos, O protagonismo da mulher rural e Medicina indígena, entre outros. A ação acontece das 10h às 18h e também é possível doar livros no local.

Programação desta segunda-feira (16)

Manhã
10h – Oficina de plantio e horta
10h30 – Meditação com facilitador João Augusto – CEBB
10h30 – Oficina com as crianças
11h – Oficina de percussão com Jorge Martins

Tarde

14h – II turma de oficina de percussão com Jorge Martins
15h –  Apresentação do Coral Cant’arte regido pelo maestro Jadiel Gomes e com participação especial do violonista Fernando Vilachan
15h30 – Roda de diálogos sobre o IV ENA – Encontro Nacional de Agricultura, coordenado pela delegação de Recife sobre agricultura urban e reflorestamento urbano, por Nélio Fonsêca .
16h30 – Plantio e distribuição de mudas com a Fundação de Cultura Cidade do Recife.
17h – Apresentação do Côco do Miudinho da Xambá e parabéns para nossa Horta🎈🎉

Terceiro ano da Horta Comunitária de Casa Amarela
📌 R. Prof. Souto Maior, 240, Casa Amarela. Recife – PE
🗓 Segunda-feira (16). A partir das 10h