Reinaugurada em abril do ano passado, a Biblioteca Pública de Casa Amarela Jornalista Alcides Lopes é uma ótima opção para quem quer um ambiente tranquilo para estudar ou até trabalhar. São oferecidos mais de 11 mil títulos das áreas de filosofia, psicologia, religião, ciências sociais, educação, direito, economia, medicina, engenharia, artes, agricultura, além de livros de ficção e poesia, entre outros.

E mais: tem ar-condicionado funcionando bem (item mais que bem-vindo!), Wi-Fi boa, ambiente limpo (sem pó para os alérgicos!), mesas espaçosas, área infantil com livros e brinquedos, silêncio, auditório para 30 pessoas, computadores de uso coletivo e programação cultural com alguns eventos mensais.

Parte do espaço para crianças da biblioteca. Foto: Maria Carolina Santos/PorAqui

A internet Wi-Fi é do Conecta Recife – serviço da prefeitura com pontos em vários locais da cidade -, mas funciona bem. Se você não quer mais gastar R$ 10 em espresso para usar a internet do café perto da sua casa, é uma ótima alternativa.

Biblioteca do Poço faz 6 anos com programação além da leitura pros pequenos

A biblioteca também tem sete computadores com internet à disposição dos usuários. Esse é o espaço mais disputado da biblioteca e às vezes tem fila. Mas, dependendo do horário, fica bem vazio e dá para usar tranquilamente.

Acervo possui mais de 11 mil livros. Foto: Maria Carolina Santos/PorAqui

Fundada na década de 1950, a biblioteca passou por diversos modelos de gestão. Já chegou a emprestar 400 livros e receber 20 mil usuários por mês, no começo dos anos 2000.

Com tantos pontos a favor, o principal ponto negativo da biblioteca é que os livros não podem mais sair de lá, nem para tirar xerox. O acervo atual (que recebeu o reforço de 4 mil livros no ano passado) ainda está sendo levantado e, por isso, ainda não estão sendo feitas as carteirinhas dos usuários. A expectativa é de que no segundo semestre os usuários possam pegar os livros emprestados.

Programação cultural

Além de cartazes na unidade, a programação é divulgada também na página da Rede de Bibliotecas pela paz.

Local oferece sete computadores para os usuários. Foto: Maria Carolina Santos/PorAqui

Doações suspensas

Enquanto o levantamento do acervo não é concluído, a biblioteca não está aceitando doações de livros. A Rede de Bibliotecas pela Paz (que inclui a de Afogados e a do Compaz de Santa Terezinha) recomenda entregar as doações para outras bibliotecas comunitárias do Grande Recife.

Segue o telefone das unidades que aceitam doações:
Biblioteca Amigos da Leitura (Alto José Bonifácio) – (081) 3262-2220
Biblioteca Cepoma (Brasília Teimosa) – (081) 3326-6509
Biblioteca Comunitário Caranguejo Tabaiares (Ilha do Retiro) – (081) 3227-0071
Biblioteca Educ Guri – (081) 98886-7250
Biblioteca Popular do Coque – (081) 3448-2048
Biblioteca Multicultural Nascedouro – (081) 3244-3325
Biblioteca Comunitária Lar MeiMei – (081) 3493-0312

Biblioteca Popular de Casa Amarela Jornalista Alcides Lopes
📌 Endereço: Rua Major Afonso Leal, 186 (perto do centro do bairro)
🗓  Horários: de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h
📞 Mais informações: (081) 3355-3130

* Post originalmente publicado em março de 2018. Atualizado e editado em julho de 2018